Facebook

10 livros eróticos/hots que eu amei!

Os livros eróticos já vem ganhando o coração de vários leitores algum tempo, e por isso muitos autores tem investido pesado em romances do gênero para satisfazer essa grande massa de pessoas que começaram a ler. Eu tive contato com livros eróticos não tem muito tempo e para mim foi uma grande descoberta. Alguns diriam que livros hots ou eróticos tem bastante palavras chulas, onde eles acabam deixando a mulher sempre a mercê dos personagens masculinos ou até que o tema fica tão explorado que acaba deixando a leitura muito forte. Eu discordo completamente.

No começo, a gente fica meio receoso quando vai ler algo desse gênero mas acaba por gostar de alguma maneira. Não é simplesmente o fato do livro abordar o assunto sexo tão abertamente, contendo cenas fortes e quentes, mas a sensualidade com que os autores vão desenrolando o assunto, seja para o enriquecimento da personagem, que tende a ser feminino. Gosto de livros desse gênero porque são prazerosos de ler, abordam o tema que é considerado um grande tabu e faz nos entendermos um pouco mais sobre nosso corpo e sobre o que é realmente desejo. Por isso neste post, trago aqui indicações de 10 livros que eu amei que são desse gênero que é tão amado e ao mesmo tempo julgado. 

[Desafio "Fuxicando Sobre Chick-lits 2016] O Homem Perfeito, de Vanessa Bosso @Novas Páginas

Título: O homem perfeito
Autor: Vanessa Bosso
Lançamento: 2014
Páginas: 224
Gênero: Romance / Chick-lit / Comédia / Literatura Nacional
Editora: Novas Páginas
Sinopse: Melina teve alguns relacionamentos ruins, outros péssimos...
Mesmo assim, ela não desiste: um dia ainda vai encontrar alguém que a complete e que entenda algumas manias fofas que ela tem como comprar mais sapatos do que pode guardar ou tomar uma multa ou outra por excesso de velocidade. Ela faz a sua parte escrevendo um pedido ao universo, no qual descreve esse ser incrível nos mínimos detalhes. Agora é só esperar, certo?

Melina não imagina, porém, que esse presente dos céus já existe, mas foi parar nos braços de uma mulher in-su-por-tá-vel.

O que fazer quando o destino insiste em brincar com a sua paciência?

[Resenha] Nove regras a ignorar antes de se apaixonar, de Sarah MacLean @Arqueiro

Título: Nove regras a ignorar antes de se apaixonar
Autor: Sarah MacLean
Lançamento: 2016
Páginas: 384
Gênero: Romance / Literatura Estrangeira / Ficção
Editora: Arqueiro
Sinopse: A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.

 E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.
Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.
Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

Novas aquisições do mês de Maio!

Maio mal começou e eu já trago novidades da minha estante que chegou na manhã de terça-feira pelos Correios. O site Estante Virtual acabou fazendo uma promoção de três dias com mais de 500 livros com frete grátis, e eu que não sou boba nem nada, fui correndo para lá pra garantir alguns que eu não encontrava em PDF. Ao todo comprei três que me saíram R$15,00 cada um. 

[Resenha] Ame o que é seu, de Emily Giffin @Novo Conceito

Título: Ame o que é seu
Autor: Emily Giffin
Lançamento: 2012
Páginas: 312
Gênero: Romance
Editora: Novo Conceito
Sinopse: Esta é uma história para quem algum dia já se perguntou: Como amar de verdade a pessoa que está comigo, se não consigo esquecer alguém que ficou no passado? 

O casamento de Ellen e Andy não parece perfeito, ele é perfeito. São inegáveis a profundidade da devoção mutua e o quanto um desperta o melhor no outro. Mas por obra do destino, certa tarde, Ellen revê Leo pela primeira vez em oito anos. Leo, o que revelou o pior nela. Leo, o que partiu seu coração sem se explicar. Leo, o que ela não conseguiu esquecer. Quando o reaparecimento dele desperta sentimentos há muito adormecidos, Ellen se põe a questionar se sua vida atual é de fato como ela queria que fosse. 

Tag: Não ao preconceito & Eu Nunca

Trouxe essas duas tags muito legais para vocês que foi criada pelo blog Diário das Palavras, mas quem me indicou foi o blog Maré de Livros. A tag é bem pequenininha e como não vou indicar  nenhum blog, sinta-se a vontade para fazer. Muito obrigada pela indicação! 

Tag: Não ao preconceito
Um de autoajuda: Técnicas para você ficar doidão

Um de romance: Simplesmente acontece

Um de infanto juvenil: O clube dos sete

Top 10 Terça-feira

Oi, como vai você? Hoje é terça feira, dia de Top 10, uma ideia originalmente criada pelo blog The Broke and the Bookish onde são eles que definem o tema. O tema de hoje é: Top 10 personagens que eu queria saber o que estão fazendo em 10 anos.

10. Harry Potter

[Novidade no blog] Mudança na criação de resenhas

Visitando alguns blogs hoje, eu vi que a criação das resenhas deles era um pouco diferente das que geralmente são postadas aqui no blog. Na verdade, achei muito melhor o modo que eles criavam as resenhas e por isso resolvi adotar o mesmo tipo já que ficava bem mais organizado e muito mais receptivo as leitoras. As resenhas agora serão criadas por temas. OOOH! Quanta novidade! Talvez não seja tão novidade para você assim, visto que muitos blogs já fazem algo desse tipo, mas para nós é uma mudança brusca já que nossas resenhas sempre foram feitas com texto corridao sem tópicos.

Para que vocês entendam melhor, as resenhas serão por temas que ao todo serão três: O ENREDO, PRIMEIRAS IMPRESSÕES DA OBRA e CONCLUSÕES E CRÍTICAS. Assim tudo fica mais organizadinho e o leitor consegue entender melhor qual seria a crítica e qual seria a história.
Espero que vocês se adaptem melhor a nova criação e que gostem! Beijos.

Blogs de referência:

[Resumo do mês] Leituras de Abril/2016

Mês de abril passou voando e já acabou. Gente, esse ano tá passando muito rápido! Daqui é pouco é junho e eu faço 19 anos D: Apesar da pressa que os dias estão passando, eu tive bastante tempo para ler e trouxe no post de hoje todas as minhas leituras de abril. Abaixo também está incluso o link para suas respectivas resenhas feitas aqui no blog, se você quiser conhecer melhor a obra.

[Resenha] Uma noite para se entregar, de Tessa Dare @Gutenberg

Título: Uma noite para se entregar
Autor: Tessa Dare
Lançamento: 215
Páginas: 288
Gênero: Ficção / Literatura Estrangeira / Romance
Editora: Gutenberg
Sinopse: Spindle Cove é o destino de certos tipos de jovens-mulheres: bem-nascidas, delicadas, tímidas, que não se adaptaram ao casamento ou que se desencantaram com ele, ou então as que se encantaram demais com o homem errado. Susanna Finch, a linda e extremamente inteligente filha única do Conselheiro Real, Sir Lewis Finch, é a anfitriã da vila. Ela lidera as jovens que lá vivem, defendendo-as com unhas e dentes, pois tem o compromisso de transformá-las em grandes mulheres descobrindo e desenvolvendo seus talentos.

O lugar é bastante pacato, até o dia em que chega o tenente-coronel do Exército Britânico, Victor Bramwell. O forte homem viu sua vida despedaçar-se quando uma bala de chumbo atravessou seu joelho enquanto defendia a Inglaterra na guerra contra Napoleão. Como sabe que Sir Lewis Finch é o único que pode devolver seu comando, vai pedir sua ajuda. Porém, em vez disso, ganha um título não solicitado de lorde, um castelo que não queria, e a missão de reunir doze homens da região, equipá-los, armá-los e treiná-los para estabelecer uma milícia respeitável.
Susanna não quer aquele homem invadindo sua tranquila vida, mas Bramwell não está disposto a desistir de conseguir o que deseja. Então os dois se preparam para se enfrentar e iniciar uma intensa batalha! O que ambos não imaginam é que a mesma força que os repele pode se transformar em uma atração incontrolável.
Assim que botei o olho na capa e na sinopse desse livro, fiquei ansiosa para lê-lo. Seria então meu primeiro contato com a autora Tessa Dare. Algumas diferenças entre outras obras com o mesmo gênero foram gritantes e vou pontuá-las para vocês. Isso não atrapalhou de nenhuma maneira minha leitura, mas é somente para deixar claro que Tessa tem uma narrativa um pouco diferente de Kleypas, Quinn e das demais que conhecemos.