Facebook

[Resenha] Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática, de Thalita Rebouças @Arqueiro

Título: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática
Autor: Thalita Rebouças
Lançamento: 2016
Páginas: 272
Gênero: Literatura Brasileira
Editora: Arqueiro

Sinopse: Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz.
O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa... O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes... Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.
Para começar muito bem a Maratona de Livros Nacionais que o blog está participando, eu resolvi dar uma chance ao livro da Thalita Rebouças, dedicado ao público juvenil. Eu sempre fui apaixonada por histórias adolescentes, adoro aquele drama que as meninas/meninos fazem porque vivi assim e acabo relembrando com altas gargalhadas o tempo magnífico que passei quando mais jovem.

Aqui conhecemos Teanira, ou como ela gosta de ser chamada, Tetê. Tetê é uma menina de 15 anos completamente tímida e retraída. Na escola sofreu diversos momentos constrangedores e foi alvo do bullying dos colegas, o que a deixa mais insegura ainda. Para se sentir melhor, ela adora cozinhar todo tipo de coisa e por isso seu peso não é o dos melhores, além dela não se exercitar e odiar natureza, não se depilar e outras coisinhas que acabam chamando mais ainda a atenção para piadinhas.

Tag: Vamos responder?

Olá, como vão? Hoje trouxe uma tag interessante chamada Vamos Responder? onde você só tem que responder sete perguntinhas, fácil né? Eu a vi no blog Cantinho dos Rabiscos e achei muito legal! Ela faz a gente analisar certos livros, séries e etc e por isso trouxe para vocês darem uma espiadinha. Quem quiser responder a tag, fique à vontade! Não deixe de colocar os créditos. 

1. Um livro que você nunca leu.
Apesar de amar a autora e os romances de época, eu nunca tive a oportunidade de ler Orgulho e Preconceito da Jane Austen e muito menos de ver o filme (se vi, pouco me lembro). Mas que  fique claro que eu tenho a maior vontade de começar!
Fonte: Mandy Francesa

Casais literários que eu não shippei

O que torna uma história ser especial? Eu lembro que já tinha feito essa pergunta em um outro post e apesar de ter inúmeras respostas, optamos por amar os personagens. É normal vermos agora romance em qualquer livro, independente do gênero. Pode ser sobrenatural ou thriller, que o autor vai conseguir dar um jeito de colocar um casal no meio. É fato. Eu vi um post muito legal e criativo no blog Leitura das Cinco falando justamente sobre os casais literários que a Thaísa não shippou, apesar de muitas pessoas terem feito isso, e com base neste post, eu resolvi fazer o mesmo apenas mudando para casais literários, já que ela escolheu o de séries. 

Para quem não sabe, uma breve explicação sobre o que é shippar: Shippar é algo simples e maravilhoso, é você torcer por um casal. Shipper: é a pessoa que torce pelo casal. Shippar: é o ato de torcer pelo casal.
Então vamos conhecer quais foram os casais que eu simplesmente NÃO shippei? Leia mais!

[Resenha] O ar que ele respira, de Brittainy C. Cherry @Record

Título: O ar que ele respira
Autor: Brittainy C. Cherry
Lançamento: 2016
Páginas: 308
Gênero: Romance / Literatura Estrangeira
Editora: Record

Sinopse: O novo romance da autora de Sr. Daniels.Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.
E mais uma vez estou impressionada e super emocionada com um livro da Brittainy. Gente, essa mulher é sensacional! Após ter lido Sr. Daniels e ter me apaixonado pela autora e pelos personagens, eu fico mais uma vez  embasbacada com outra obra dela. O ar que ele respira veio para nos mostrar que apesar de todas as perdas e tragédias que a vida nos submete, nós ainda temos motivos para continuar, independente de qual seja. 
Conhecemos então duas almas que estão fadadas ao sofrimento e as perdas: Elizabeth e Tristan Cole. Eles tem algo em comum, ambos perderam pessoas importantes de suas vidas em um acidente de carro. Elizabeth, seu marido Steven e Tristan, seu filho e sua esposa. Mas a forma como eles lidam com suas perdas é que fazem toda a diferença. Lizzie procura forças através de sua filha que apenas tem cinco anos. Já Tristan acabou se tornando alguém grosseiro, frio e reservado e sempre que pode ele se entrega a dor.

Mudanças no blog: Novo layout + Sorteio

Olá, seus lindos! Como vão? Vocês já devem perceber que o blog sofreu lindas e inéditas mudanças não é? Eu sou a louca dos layouts! Vivo mudando uma coisinha e acolá, mas resolvi deixar de besteira e abrir o bolso e pedi um layout customizado todinho com a cara do blog. A Letícia Persi foi uma pessoa muito atenciosa e que ajudou a desenvolver esse projeto. Eu amei o trabalho dela e super indico à vocês! 
Mas é claro que também quero a opinião de vocês sobre a mudança, por isso deixe nos comentários o que você achou. Por isso também mudamos o banner do blog, então se quiserem já colocar o novinho, fiquem à vontade!
E como alguns perceberam, eu havia feito uma enquete sobre qual livro vocês queriam que eu sorteasse e o ganhador foi O Guardião de Memórias, do autor Kim Edwards. 
As regras são simples: é preciso ter endereço de entrega no território brasileiro e confirmar o recebimento do livro pelo e-mail que será enviado dentre 48 horas. O blog tem o prazo de até 30 dias enviar o livro, não se responsabilizando por extravios ou demais problemas.

a Rafflecopter giveaway

Maratona de Livros Nacionais

Quem não ama um desafio? Eu adoro e sempre estou me colocando à prova e entrando em diversas maratonas literárias. Resumo da ópera: não terminei nenhum. Mas hoje no blog Virando Amor, vi uma maratona muito legal que foca os livros nacionais. Acredito que isso ajuda a incentivar mais ainda os autores, a escreverem obras e claro, o leitor a apreciar os ótimos livros que temos por aqui.

As regras da maratona são simples e ao todo contamos com 30 desafios, podendo ser feitos até 2017 (para O pessoal não se matar de tanto ler livros!).

1. Um livro que você tenha pegado emprestado
2. Um livro muito conhecido
3. Um livro diferentão (em qualquer sentido, capa, título, sinopse, diagramação, etc)
4. Um livro que dá pra ler em um dia
5. Um livro publicado antes de você nascer
6. Um livro de mistério/suspense
7. Um livro de romance
8. Um livro de fantasia
9. Um livro que comece com a letra O
10. Um livro com mais de 400 páginas
11. Um livro que tenha capa colorida
12. Um livro com um tema polêmico
13. Uma saga/trilogia/duologia
14. Um livro com capa azul
15. Um livro infantil
16. Um livro com um gênero que você nunca leu ou leu uma única vez
17. Um livro pouco conhecido
18. Um livro com um título extenso
19. Um livro em que o título tenha apenas uma palavra
20. Um livro de poemas/poesias
21. Um livro biográfico
22. Um new adult
23. Um livro que alguém te indicou
24. Um livro lançado recentemente
25. Um livro indicado por um blogueiro
26. Um livro que lembre sua infância
27. Um livro escrito por uma mulher
28. Um livro escolhido pela capa
29. Um livro em que o título comece com a primeira letra do seu nome
30. Um livro engraçado

Lembrando que foi a Carol Mendes do blog Virando Amor que criou a maratona e se você também quiser participar, pode vir sem pressa e embarque com a gente! Se caso você fazer uma resenha de um livro que se encaixe na maratona, coloque o banner abaixo para acompanhar o desafio!