30 abril 2017

Sorteio: Comemorando os 300 seguidores do blog!

Olá, como vão? Eu nem preciso dizer o quanto estou feliz pelo blog estar conquistando tanto espaço! Agora somos 300 seguidores na blogsfera e se depender de mim, vamos só crescer cada vez mais. Para comemorarmos isso, eu resolvi fazer um sorteio de quatro livros entre duas pessoas. Então se liga nas regras e não fique de fora desta!

Regras básicas para você participar:
  1. Você precisa ter um endereço de entrega em território nacional;
  2. O sorteio terá início em 30/04 e término no dia 09/06;
  3. O vencedor será divulgado em até dois dias após o término do sorteio;
  4. O vencedor precisa responder o e-mail de confirmação e validação da promoção em até 48h após o contato;
  5. Na opção "Visitar página" é necessário CURTIR a fan page do blog;
  6. Os prêmios serão enviados em até 60 dias após o término do sorteio;
  7. O blog não se responsabiliza por extravios, furtos ou qualquer problema na entrega dos prêmios;
  8. Tenha um endereço de e-mail válido e esteja sempre acessando-o para entrarmos em contato.
Boa sorte à todos!

Compartilhe:

Livros que julguei pela capa e me surpreendi - Parte 1

"Nunca julgue um livro pela capa". Geralmente é isso que nós, leitores, tentamos fazer. Mas é óbvio que nem sempre levamos isso ao pé da letra, certo? Quantas histórias já julgamos somente de olhar para a capa que ela tem? Eu fiz muito isso e na maioria das vezes, estava certa, a história nem era tão boa assim. Mas sempre tem aqueles casos atípicos que realmente nos surpreendem de tão bom que o livro é, e fazem a gente pensar o porquê que as capas são tão feias. Neste post, vou falar de especificamente três livros que eu julguei sim pela capa, mas que no fim, acabei amando suas histórias!

Compartilhe:

28 abril 2017

Uma pequena mentira (Ten Tiny Breaths #2) - K. A. Tucker | Resenha

Livie, a mais centrada das irmãs Cleary, segurou as pontas após a morte dos pais num acidente em que Kacey, a mais velha, foi a única sobrevivente, e cuidou da irmã quando ela caiu em depressão. Aos poucos, Kacey superou seus traumas e encontrou a felicidade, enquanto Livie se dedicava aos estudos. Agora, no segundo do livro da série de sucesso Ten Tiny Breaths, K. A. Tucker joga o foco de sua envolvente narrativa sobre a caçula. Livie acaba de ingressar na tradicional Universidade de Princeton e está pronta para viver as emoções típicas de uma caloura, o que inclui frequentar as festas no campus, fazer novos amigos e encontrar um namorado bacana com quem possa tecer planos para o futuro. Ela só não esperava se envolver justamente com um cara como Ashton Henley, o capitão do time de remo com fama de garanhão. Com medo de ser apenas mais uma na lista de conquistas de Ashton, Livie tenta agir com a razão, como sempre fez. Mas até que ponto vale a pena dominar seus sentimentos por medo de se machucar?

New adult, romance | 352 páginas | Editora Fábrica 231 

Livie sempre foi a irmã mais cabeça. a que agia racionalmente e encarava os problemas de frente, ao contrário da irmã mais velha, Kacey, que acabou se entregando a dor de perder os pais muito cedo, usando e abusando de álcool, drogas e sexo. Livie está na melhor fase de sua vida. Ela vai para Princeton, a faculdade que seu pai um dia estudou também e queria para ela, para tentar cursar Medicina no futuro. Ela já sabe todo o seu plano de vida de cabo a rabo, sabendo que seus pais se orgulhariam muito dela, afinal, ela é perfeita, e nada a fará mudar isso.

Porém, quando começa a ter as sessões de terapia com o Dr. Stayner, por conselho de sua irmã, ela não poderia ficar mais confusa. Ele vive dizendo a ela que ela precisa tomar suas próprias decisões, e não as que ela acha que agradariam as pessoas. Mas como ela poderia fazer isso se ela realmente sempre quis aquilo para a vida dela? Ainda teremos Ashton Henley, o capitão do time de remo que tem a maior fama de ganharão, na cola de Livie. Ela precisará então se desconstruir. Da perfeição, ela se tornará imperfeita e somente assim poderá descobrir o que realmente quer para a vida dela, e se Ash fará parte ou não de sua escolha.

Compartilhe:

27 abril 2017

Yaqui Delgado quer quebrar a sua cara - Meg Medina | Resenha

Uma garota surge de repente no caminho da adolescente Piddy Sanchez para avisá-la de que Yaqui Delgado vai acabar com ela. Piddy acabou de mudar de escola e nem faz ideia de quem seja Yaqui, muito menos do que pode ter feito de tão errado para apanhar. Mas Yaqui sabe quem ela é, e a odeia.
Piddy Sanchez não tem descanso. Ser filha de uma imigrante cubana nos Estados Unidos e crescer sem pai já era bem difícil sem ter alguém a odiando. No ensino médio da nova escola, seu corpo atraente desperta tanto os olhares dos meninos quanto o da esquentada Yaqui, que começa atacando a novata com ameaças cruéis, mas demonstra ser capaz de muito mais que isso, tornando a vida de Piddy um verdadeiro inferno dominado pelo medo. Denunciar Yaqui não é uma opção. Fugir não adianta. O importante agora é sobreviver.
O romance explora a questão do bullying nas escolas e fala de violência doméstica, assuntos que vêm sendo cada vez mais discutidos atualmente, por afetar muitas crianças e adolescentes.

Romance, young adult |  272 páginas | Editora Intrínseca

"Yaqui Delgado quer quebrar a sua cara". Esta foi a primeira frase que Piddy Sanchez escutou naquele dia no corredor da escola. Se já não bastasse ter que mudar de bairro e ser a novata na escola bem no meio do ano letivo, Piddy ainda tinha que lidar com a ameaça de uma pessoa que ela sequer conhecia. De acordo com Vanessa, a menina que lhe deu a notícia, Yaqui não gostava do balanço de seus quadris e por isso, iria colocar Piddy no lugar dela.

Piddy sempre foi uma moça magrela e alta, somente no verão é que seu corpo resolveu se desenvolver, e pelo visto, seu bumbum recém-adquirido resolveu lhe trazer problemas. Nesta história, iremos conhecer melhor essa adolescente que tenta de tudo escapar de Yaqui e do bullying, ao mesmo tempo que tem que se adaptar a uma nova casa e as novas descobertas sobre seu pai, que até então desconhecia.
Foto por Leitora Encantada

Compartilhe:

26 abril 2017

Conheça o Cupom Terra e ganhe cupons de desconto na Saraiva

O mercado editorial tem crescido bastante ultimamente e cada vez mais os preços dos livros, e-readers, jogos e todo esse universo geek vai as alturas. É difícil acompanhar tanto lançamento e ainda mais conseguir comprar tudo, mas a gente sempre tenta, não é? Constantemente comento com vocês o quanto os preços dos livros estão exorbitantes e economizar nas compras está sendo quase impossível.

Compartilhe:

25 abril 2017

Livros com triângulos amorosos desnecessários

Há quem diga que o amor é um dos maiores e melhores sentimentos que nós, seres humanos, conseguimos sentir. Por isso, ele é infinitamente lindo! Ver pessoas apaixonadas, se entregando uma a outra loucamente são uma das maiores demonstrações de afeto que nós podemos fazer e constantemente conseguimos ver isso nos livros. Os romances é um dos gêneros mais lidos ao redor do mundo e cada vez mais faz sucesso. Quem não quer ler sobre aquela linda história de amor que tem tudo para dar errado mas que no fim dá incrivelmente certo? 

Como apaixonada por romances que sou, eu adoro um clichê e não consigo me enjoar nenhum pouco disso. Porém, alguns autores gostam de usar e abusar dos triângulos amorosos, para que nós leitores, acabemos escolhendo um lado e torcendo fielmente para o nosso preferido. Eu não gosto muito de triângulos, acho na verdade um saco, mas tem diversas histórias que simplesmente funcionam quando isso acontece, porém, hoje vou falar sobre as histórias que justamente contém romance entre três ou mais pessoas mas que na minha opinião, foram desnecessários. Será que você também consegue pensar em um?

Compartilhe:

24 abril 2017

Tag: Títulos Sinceros

Como uma boa apaixonada por tags que sou e após a indicação da linda da Tami, do blog Meu Epílogo, eu vim responder essa tag chamada Títulos Sinceros. A tag consiste em dar nomes sinceros aos livros, nomes que traduzam a história, que reflitam o que ela transmite e/ou o que a leitura significou para você. Eu achei a tag bem divertida, mas confesso que não fui muito criativa na hora de escolher os títulos, mesmo assim, espero que gostem!

Compartilhe:

Espero por você - J. Lynn | Resenha

Algumas coisas valem a pena esperar. Algumas coisas valem a pena experimentar. Algumas coisas não devem ser mantidas em silêncio. E, por algumas coisas, vale a pena lutar. Avery Morgansten precisa fugir. Ir para uma faculdade a centenas de quilômetros de casa foi a única forma que encontrou para esquecer o acontecimento fatídico que, cinco anos antes, mudara a sua vida para sempre. O que não estava em seus planos era atrair a atenção do único rapaz que pode mudar totalmente a rota do futuro que Avery está tentando construir. Cameron Hamilton tem um metro e noventa de altura, impressionantes olhos azuis e uma habilidade notável para fazer com que Avery deseje coisas que ela acreditava terem sido roubadas irrevogavelmente dela. Envolver-se com ele é perigoso. No entanto, ignorar a tensão entre eles — e despertar um lado dela que nunca soube que existia — é impossível. Até onde ela estará disposta a ir e o que fará para esquecer o passado e viver aquela relação intensa e apaixonada, que ameaça ruir todas as suas certezas e fazê-la conhecer um mundo de sensações que julgava estar negadas para sempre?

New adult, romance | 384 páginas | Editora Novo Conceito 

Avery Morgansten só queria um novo lugar para recomeçar, onde as pessoas não a conhecessem e nem a julgassem por suas escolhas. Estudando em uma faculdade há quilômetros de casa, Avery não queria chamar atenção, mas constantemente seus amigos Brit e Jacob tentavam fazê-la sair e se divertir, coisa que Avery não se permitia. Atrasada para a primeira aula do dia, Avery acabou dando um encontrão em Cameron Hamilton, conhecido por ser um dos garotos mais populares e lindos da faculdade.

"O problema é que eu não o entendia... não entendia nada do que estava acontecendo. Ele não me conhecia. Eu não o conhecia, e ainda assim ele era tão... amigável."

Cam ficou encantada com o jeito de Avery e queria conhecê-la melhor, mas ela sabe que ele traz à tona sentimentos e sensações que ela quer esquecer. Ela não quer repetir tudo outra vez. Mas será que dá para ignorar a tensão que os dois sentem quando estão juntos? E quando for impossível resistir, será que a Avery conseguirá enfim contar seus segredos mais obscuros e seguir em frente?

Compartilhe:

21 abril 2017

A soma de todos os beijos - Julia Quinn | Resenha

Lorde Hugh Prentice é um gênio da matemática e teve sua perna (e sua vida) arruinada por causa de um duelo com seu amigo, Daniel Smythe-Smith.Nesse livro, conheceremos um pouco da história de Hugh, antes e depois do acontecido. Sua família, o desespero de seu pai para conseguir que um de seus filhos lhe desse um herdeiro, visto que um não é chegado à mulheres e o outro, provavelmente terá dificuldades em encontrar uma esposa, e principalmente em ter filhos.
E, claro, sua relação de amor e ódio com Sarah Pleinsworth, prima mais velha de Daniel, que mesmo antes de conhecê-lo, já odiava Hugh por ter arruinado sua família através desse duelo.
Mas, as coisas começam a mudar quando Honoria, sua prima, pede para Hugh substituir seu padrinho no casamento e para Sarah ser sua acompanhante durante sua estadia, para que ele ficasse mais confortável diante dos familiares de Daniel. E esse tempo se prolonga, já que Daniel se casará duas semanas depois da irmã e resolve torná-los uma única festa...
É claro que eles não se dão no início, mas com o tempo, ainda mais depois do primeiro casamento, quando ela fica impossibilitada de andar, eles deixam as diferenças de lado e começam a se conhecer realmente, e, o que era ódio, acaba se tornando uma paixão avassaladora.
Mas as limitações de Hugh vão ser apenas um dos problemas que o casal enfrentará pelo caminho...

Romance de época | 272 páginas | Editora Arqueiro

Hugh Prentice sempre foi bom em matemática, é por isso que ele sempre foi bom em piquet, um jogo de carteado que requer boa memória e jeito com os números para vencer. Porém, por obra de azar ou de sorte, Daniel Smythe-Smith, seu amigo de longa data, o venceu. Ambos estavam bêbados, mas Hugh estava furioso e por isso, desafiou Daniel a um duelo. Nada ocorreu como ambos pensaram, e Hugh acabou saindo com a perna ferida, ficando manco. O pai dele jurou matar Daniel e durante longos anos, procurou-o fora de Londres.
Foto por Leitora Encantada
Agora, Hugh pôde controlar a vingança do pai e assim, conseguiu trazer seu amigo de volta a Londres. Mas mesmo assim, muitas pessoas não acreditam que ambos sejam amigos, inclusive Lady Sarah Pleinsworth, prima de Daniel. Ela culpa Hugh pela falta de pretendentes, já que após o escândalo de Daniel, muitos cavalheiros não lhe deram atenção em seu debute. Hoje, ela poderia estar casada e se isso não aconteceu, foi justamente por culpa de Hugh. E ele também não admira muito a presença dela, mas por obra de Honoria, que está prestes a se casar com Marcus, ambos terão que fazer companhia um ao outro. E em meio a comentários ácidos e provocações, juntos vão perceber que a ideia que ambos tem um do outro pode estar completamente errada.

Compartilhe:

20 abril 2017

A noiva do capitão - Tessa Dare | Resenha

Madeline possui muitas habilidades preciosas: é uma excelente desenhista, escreve cartas como ninguém e tem uma criatividade fora do comum. Mas se tem algo em que ela nunca consegue obter sucesso, por mais que tente, é em se sentir confortável quando está cercada por muitas pessoas… Chega a lhe faltar o ar! Um baile para ser apresentada à Sociedade é o sonho de muitas garotas em idade para casar, mas é o pesadelo de Maddie.
E, para escapar dessa obrigação, a jovem cria um suposto noivo: um capitão escocês. Ela coloca todo o seu amor em cartas destinadas ao querido – e imaginário – Capitão Logan MacKenzie e convence toda a sua família de que estão profunda e verdadeiramente apaixonados.
Maddie só não imaginava que o Capitão “MacFajuto” iria aparecer à sua porta, mais lindo do que ela descrevia em suas cartas apaixonadas e pronto para cobrar tudo o que ela lhe prometeu.

Romance de época | 256 páginas | Editora Gutenberg 

Imagine que você é uma pessoa muito tímida, daquelas que sente pânico ao ficar rodeada de muitas pessoas, e assim que soubesse que tinha que debutar e enfrentar os imensos e lotados salões de Londres, você inventasse que nas férias você encontrou o amor da sua vida, e lhe desse uma aparência e um nome: Capitão Logan MacKenzie. Assim, seu pai e principalmente sua madrasta iriam acreditar que você estaria prometida e totalmente apaixonada, não obrigando-a a ir aos bailes, mas para que a farsa fosse crível, você teria que ficar durante anos escrevendo cartas de amor falsas e enviando-as para lugar nenhum afim de que ninguém descobrisse.

Essa foi a situação que Madeline teve que passar e ela manteve essa história até ter que forjar a morte de seu falso capitão, somente assim ela estaria livre do peso daquela mentira. Reclusa com sua tia em um castelo que herdou nas Terras Altas, na Escócia, Madeline irá descobrir que livrar-se dessa farsa não será tão fácil assim. O negócio é que mesmo com suas mentiras sobre o tal capitão, suas cartas haviam sido sim entregues para um Logan MacKenzie, e agora ele estava lá, insistindo que ambos se casasse e continuasse a farsa, senão, iria revelar para toda a Inglaterra as cartas que Maddy escreveu. Mas em meio a esse casamento de interesses, o amor irá surgir, mas será que esses dois cabeças dura conseguirão admitir?

Compartilhe:

7 livros que baixei para ler na internet

Todos os dias os incontáveis sites de download de livros nos disponibiliza as mais recentes aquisições, sejam lançamentos ou até mesmo relíquias que jurávamos nunca mais encontrar. Fuçando a net hoje, encontrei vários livros e baixei-os para ler futuramente e assim, minha wishlist só tem aumentado. Vou mostrar a vocês quais foram os escolhidos da vez e vocês me dizem se conhecem ou já leram.

Compartilhe:

19 abril 2017

O jogo - Elle Kennedy | Resenha

Talentoso, inteligente e festeiro, Dean Di Laurentis sempre consegue o que quer. Sexo, notas altas, sexo, reconhecimento, sexo… É sem dúvida um galanteador de primeira, e ainda está para encontrar uma mulher imune ao seu charme descontraído e seu jeito alegre de encarar a vida. Isto é, até ele se envolver com Allie Hayes. Em uma única noite, essa jovem atriz cheia de personalidade virou o mundo de Dean de cabeça para baixo. E agora ela quer que eles sejam apenas amigos? Dean adora um desafio, e não vai medir esforços para convencer essa mulher tão linda quanto teimosa de que uma vez não é suficiente. Mas o que começa como um simples jogo de sedução logo se torna a experiência mais incrível e surpreendente de sua vida. Afinal, quem disse que sexo, amizade e amor não podem andar de mãos dadas?

New adult, romance | 343 páginas | Editora Paralela

Allie Hayes é uma romântica incurável, daquelas que necessita sempre ter a companhia de uma pessoa, e talvez seja por isso que ela sempre namorou sério e nunca ficou com alguém casualmente. Porém, depois de mais um término com Sean, seu namorado de três anos da faculdade, Allie percebeu que já deu de relacionamentos, agora ela precisa ficar sozinha e até mesmo embarcar em algum casinho de uma noite só, sair da zona de conforto e assim superar o término. A única pessoa que ela não deve ficar e se deixar envolver é o jogador de hóquei Dean Di Laurentis, o maior pegador de toda a universidade.

Dean sabe que é bonito, e ele também sabe que deixa as mulheres a mil, e tira muito bem proveito disso ficando com qualquer uma que der bola pra ele. Ele pode até soar superficial e fingir que é burro, mas por detrás de todo o dinheiro e a fachada de pegador, Dean é uma pessoa maravilhosa, fiel e muito leal a seus amigos. Após saber que Allie, a melhor amiga de Hannah, ficará na casa deles após ter terminado um namoro, ele sabe que não poderá nem sequer cogitar a possibilidade de pegar a amiga da namorada de Garret, mesmo sendo ela muito bonita e com uma comissão de frente e tanto. 

Compartilhe:

18 abril 2017

5 livros com temática adolescente

Os young adults tem feito muito sucesso não somente com o público adolescente mas com todos os leitores que gostam de ver a interação dos personagens com o primeiro amor. Temas como puberdade, sexo, auto descobrimento entre outros são constantemente vistos em livros do gênero, geralmente contendo histórias mais fáceis de desenvolver, simples e divertidas. Abaixo vou indicar cinco livros que estão no hall de favoritos com temática adolescente, para que você possa desfrutar destas lindas obras assim como eu.

Compartilhe:

17 abril 2017

Depois daquela montanha - Charles Martin | Resenha

O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo.
Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida.
Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada.
Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.

Ficção, romance | 304 páginas | Editora Arqueiro 

Ben Payne é médico cirurgião especializado em ortopedia. Depois de participar de um congresso a trabalho fora da cidade, ele está louco para voltar para casa e reencontrar sua esposa, Rachel. Porém, uma tempestade forte se aproxima cancelando todos os voos do aeroporto de Salt Lake City. Ele resolve então pagar um voo fretado com Grover, que poderá levá-lo até Denver. O avião pode transportar até três pessoas e Ben não exita em chamar Ashley, uma moça que ele conheceu horas antes no aeroporto, e que está a dois dias de subir ao altar.

Os três embarcam junto com o cachorro de Grover, mas depois de algum tempo sobrevoando as montanhas da área, Grover sofre uma parada cardíaca que o leva a fazer um pouso de emergência. Acordado, Ben percebe que quebrou algumas costelas, Grover está morto, o cachorro aparentemente está bem mas Ashley acabou deslocando o ombro e quebrou a perna. Eles não tem absolutamente nenhuma forma de pedir socorro já que nenhum deles teve a ideia de avisar alguém que estavam embarcando em um voo fretado.

Compartilhe:

16 abril 2017

O clube das desapaixonadas & Extras - Mariana Mello Sgambato | Resenha

Três amigas já estão cansadas de se envolver em decepções amorosas!
A romântica Leila sempre se envolveu com rapazes que fogem de compromisso, já Drica, descobriu que seu noivo tinha uma amante e a festeira Ruth desistiu do príncipe encantado de tanto ouvir "eu te amo" falsos.
Juntas elas formam o "Clube das Desapaixonadas", um blog de comportamento para falar mal das manias machistas dos homens que faz sucesso imediato e as leva para um mundo de festas luxuosas, celebridades e pegação... mas por quanto tempo elas conseguirão manter a premissa de que mais vale se divertir com os caras errados do que procurar o homem certo?

Romance | 209 páginas | Publicação independente 

Quando era adolescente, Leila foi em uma excursão ao zoológico e quase foi atacada por abelhas, se não fosse por Bernardo, um menino que a ajudou a livrar-se delas. A partir daí, ela fez amizade com ele e com Drica, a namorada dele e Ruth, a amiga do casal. Assim os quatro cresceram e passaram por diversos relacionamentos. Leila era a mais romântica do grupo, mas não dava sorte com homem nenhum, inclusive suas amigas já que Drica e Bernardo não estavam mais juntos há anos.

Elas então resolveram criar um blog e chamá-lo de Clube das Desapaixonadas, com o intuito de apenas se divertirem com os homens e depois de cada transa sexual, atribuir uma nota de 0 a 5 a eles, porém, a regra central era não deixar-se envolver.

Leila, é claro, não conseguiu e acabou se envolvendo com Fabrício, um vocalista de uma banda, que com sua desorganização e seus sumiços deixam ela louca, mas que encanta seu coração. Será que enfim Leila irá desencalhar?

Compartilhe:

15 abril 2017

Eu escolhi respirar - Rebecca Donovan | Resenha

Emma Thomas está se escondendo. De tudo e de todos inclusive de si mesma. Mas não pode se esconder para sempre. Seu passado a encontrará, e seus segredos não ficarão em silêncio não se ela quiser ser perdoada. Emma aprende que honestidade pode ferir mais do que traição, e que a verdade pode lhe custar o único amor que já conheceu. A muito aguardada conclusão da Trilogia Breathing vai fazer os leitores prenderem a respiração até a última página.

New-adult, romance | 424 páginas | Editora Pandorga | Esta resenha contém spoilers do segundo volume do livro 

Depois de ter sido testemunha de um ato horrível feito por Jonathan, Emma percebeu que está destruindo completamente a vida de Evan, e precisa desesperadamente sair dela antes que alguma coisa pior aconteça com ele. Acreditando ser o melhor para os dois, ela o deixa sozinho na sua antiga casa, onde moravam ela e sua mãe, e parte para a faculdade de Stanford.

Um ano se passou e lá Emma fez novas amizades, já que Sara está fazendo um intercâmbio em Paris. Ela guarda as lembranças de seu namoro com Evan em uma caixa debaixo da cama, porque não suporta mais pensar nele e em como ele segue sua vida sem ela. Agora Emma está ficando com Colin, um amigo da faculdade, onde sua relação não passa de sexo. O problema é que Colin está começando a gostar dela e Emma sabe que uma hora ou outra acabará magoando o amigo, pois ainda ama Evan. Uma notícia fará com que Emma volte para Weslyn e seu reencontro com Evan seja inevitável.

Compartilhe:

13 abril 2017

5 livros que já me destruíram

Sabe aqueles livros que simplesmente tocam você de uma maneira que nenhum outro faz? Acho que todo mundo tem um livro assim. Do jeito que sou chorona, eu sempre me sensibilizo com as histórias e enredos que geralmente leio, mas sempre temos aqueles livros que se destacam, deixando o nosso coração no chão. Nesse top 5 vou falar sobre cinco livros que me destruíram, que me fizeram ver determinadas situações de uma maneira completamente nova e que me deixaram com aquele sentimento de algo se partindo dentro de mim.

Compartilhe:

OPS! Não deu: Letra e Melodia - Michelle Mariani

Tem coisa mais triste do que começar um livro e não conseguir ir com ele adiante? Foi exatamente o que aconteceu comigo hoje. Resolvi começar a ler alguns livros que tenho em e-book na Amazon, e optei por Letra e Melodia, que é o primeiro volume de uma série. A história conta sobre Eduardo, o vocalista da banda Fury Hunters que ainda está lidando com a morte do irmão, que também era um dos integrantes da banda. A história tinha tudo para me cativar, afinal, melodia + recomeço = leitor feliz. Infelizmente, não consegui me conectar à história. Senti como se todas as falas e ações fossem mecanizadas, e o pior, os protagonistas mal se conheceram, se viram somente umas três vezes e do nada, a mocinha já declara ao leitor que o ama. Hein? Como assim? Acho que esse foi o estopim e acabei desistindo da leitura justamente por isso. Sei que a história tem diversas resenhas positivas, mas comigo ela não rolou e nem convenceu. Porém, eu ainda quero muito ler o segundo livro da séria que fala sobre outro personagem da banda.

E vocês, já leram? O que vocês pensam a respeito desse "instalove"?

Para Eduardo, a felicidade vinha de maneira simples. Dividir os palcos e o amor pela música com seu irmão era um sonho tornando realidade. Os Fury Hunters eram sua maior fonte de inspiração e eles conquistavam milhares de fãs por onde passavam. Quando uma tragédia tira André de sua vida, Eduardo não sabe o que fazer a não ser se isolar do mundo e se afastar de todos aqueles que ama, incluindo sua família e seus ex-companheiros de banda, que sempre foram para ele muito mais do que melhores amigos. Melinda precisou crescer muito rápido para cuidar da pequena Julie. Com apenas vinte e quatro anos de idade e autora de vários romances, ela conhece muito bem o que é sofrimento, mas luta diariamente para se manter de pé e proporcionar a melhor vida para a sua sobrinha. Quando a irmã de Eduardo decide que é hora de trazer seu irmão caçula de volta, ela procura a jovem escritora para escrever uma biografia da banda cover de maior sucesso da cidade de Villa Bella, e essa proposta tentadora faz com que o mundo de Melinda vire de cabeça para baixo e coloque em jogo a segurança do seu coração. "Eu tinha convicção de que nunca iria me apaixonar, e isso estava bom pra mim. Eu não seria totalmente feliz, mas estava tudo bem. Então, você apareceu…"

Compartilhe:

12 abril 2017

A menina dos olhos molhados - Marina Carvalho | Resenha

Bernardo é jornalista por vocação: curioso, comprometido e muito bom com as palavras. Trabalha há anos em um importante jornal da cidade e suas matérias investigativas são sempre elogiadas. Ele só tem uma limitação... Odeia trabalhar em equipe. Há alguns anos, Bernardo sofreu com uma grande decepção amorosa, o que contribuiu para o seu jeito fechado e antipático. Por isso a incumbência de levar Rafaela – a nova estagiária do jornal – para todos os lugares é como o inferno para ele. Bernardo não perde nenhuma oportunidade de evitá-la, mas Rafa, além de ser uma jornalista extremamente talentosa, não engole desaforo. Com o passar dos dias, Bernardo percebe que não conseguirá seguir seu plano de ignorar a estagiária, muito menos todos os sentimentos que ela desperta nele. Entre reportagens intrigantes e perigosas, eles vão descobrir que têm muito mais em comum do que a imensa paixão pelo jornalismo...

Chick-lit, humor, romance | 296 páginas | Editora Globo Alt

Bernardo trabalha como jornalista investigativo no Jornal Folha de Minas. Ele é muito bom no que faz mas tem um sério problema para trabalhar em grupo por ter tido alguns probleminhas no passado, mas agora não há outra saída que não ser mentor de Rafaela, a nova estagiária do jornal. Disposto a ignorá-la, ele faz de tudo para não ficar perto de Rafaela, inclusive faz seus horários contrário ao da moça, mas nem mesmo ele pode negar que ela é muito eficiente, e que seus textos são muito bons.

Rafaela é uma mulher bem de vida, filha de pais com alto poder aquisitivo, mas quer trilhar seu caminho com o próprio esforço, mas Bernardo, seu chefe, já mostrou que não fará a convivência com ela fácil, mas quem disse que ela realmente se importa? Os dois passam a fazer várias matérias juntas, mas sempre dando más respostas ao outro, porém, acabam criando um vínculo e quem não queria ter nada a ver com a estagiária, passa a se apegar muito a ela. O problema é que Bernardo já se decepcionou muito no passado e morre de medo de entregar seu coração outra vez, mas será que já não está na hora de recomeçar?

Compartilhe:

11 abril 2017

Uma noite como esta - Julia Quinn | Resenha

Daniel Smythe-Smith passou três anos exilado na Itália depois de um duelo com seu amigo, o gênio matemático Hugh Prentice, e quase o fez perder uma perna. Com isso o pai de Hugh, Lorde Ramsgate, o ameaçou dizendo que se ele não saísse do país seria morto, mas um dia ele recebe a visita de seu amigo, que o libera para voltar à Inglaterra...Ele volta justamente no dia da apresentação do Quarteto, mas encontra uma pessoa diferente ao piano (já que sua prima Sarah fingiu estar doente para não participar, Anne Wynter, a governanta das irmãs dela a substituiu), ao olhar para ela, ele fica encantado e, ao final da tortura apresentação ele corre para encontrá-la. Ao vê-la, não resiste e a beija, mesmo sem conhecê-la direito e ela, depois de um tempo escapa dele e se esconde.
Por falar em se esconder, Anne Wynter (ou melhor, Annelise Shawcross) esconde seu passado de todos, pois ela teve que se afastar de sua família, após ser enganada e humilhada por seu amado, que prometeu se casar com ela, sendo que na verdade já estava comprometido com uma mulher mais rica. Além de ter perdido a virgindade, o que já era terrível, ainda leva toda a culpa pelo que aconteceu, e por isso, ela não pode mais ter contato com a família e ela é levada para viver como governanta numa residência na Ilha de Man. Depois de um tempo, Anne foi contratada para cuidar das meninas Pleinsworth, primas de Daniel. E apesar da tentativa de manter seu passado oculto, a Lady Pleinsworth desconfiava que ela era de origem nobre e tinha motivos para negar sua criação.
Daniel, ao saber que Anne é a governanta de suas primas, resolve ir sempre à casa Pleinsworth sob o pretexto de vê-las, e sempre ia passear com elas, porque sabia que ela iria junto. E, com isso eles vão ficando cada vez mais apaixonados, mesmo que ela não adimita. Mas, o que ele não sabe, é que os segredos de Anne, vão além do tipo de criação que teve, e que agora, mais do que nunca, precisará conhecer o seu passado, pois ambos estão correndo perigo, e, desta vez, não tem nada a ver com o Lorde Ramsgate ou o duelo.

Romance de época | 272 páginas | Editora Arqueiro

Daniel Smythe-Smith participou de um terrível escândalo. Após vencer o imbatível Hugh Prentice em um jogo de cartas, mesmo sendo amigos, os dois acabaram se enfrentando em um duelo. Um acidente aconteceu e ambos ficaram feridos: Daniel com um  tiro no ombro e Hugh acabou atingido na perna, em uma artéria. Todos pensaram que Hugh não teria chance de sobreviver, mas por sorte, ele acabou vivo, porém, manco - com uma perna fraca, feia e que mal o sustentava.

O pai de Hugh, Lorde Ramsgate, ficou furioso com o acidente e culpou de todas as formas Daniel, assim, jurou vingar-se dele. Daniel não viu alternativa que fugir de Londres. Desde então, há três anos Daniel vem se espreitando por outros países com medo de Lorde Ramsgate cumprir sua promessa. Porém, em uma visita inesperada de Hugh, Daniel descobre que poderá voltar a Londres sem a preocupação iminente de um ataque, e assim ele retorna para a casa bem no dia do concerto anual da família Smythe-Smith, que - diga se de passagem, é incrivelmente horrível -, e lá ele conhece Anne Wynter.
Foto por Leitora Encantada

Compartilhe:

5 coisas que me mantém motivada!

Oi, gente, como vão? Resolvi trazer algo completamente diferente dos posts aqui do blog e vim falar sobre motivação. Pois é, pra quem não entende muito pode até achar um assunto meio chato, mas como curso Administração e pretendo ser uma futura gerente de alguma coisa, é importante que eu consiga administrar bem meus funcionários ao mesmo tempo que os mantenho motivados. No caso do blog é um pouco mais complicado porque cada pessoa reage de um jeito, ou seja, o que me motiva pode não te motivar. Mesmo assim, resolvi falar sobre cinco coisas que me mantém motivada para que vocês consigam também pensar em alguma coisa que os motive, e assim, se manter sempre com a cabeça em pé em meio ao desânimo, falta de criatividade e todas aquelas coisinhas chatas que sempre tira nós, blogueiros, do sério.

Compartilhe:

10 abril 2017

5 chick-lits que você tem que conhecer

Oi, gente, como vão? Chick-lit é um dos melhores gêneros para aqueles leitores que querem ler algo divertido, e muitas vezes aquele chick-lit consegue exemplificar as mesmas situações que estamos passando em alguns momentos de nossa vida. De uns tempos para cá, eu tenho dado um tempo do gênero para dar mais chances aos new-adults, agora vou voltar com tudo neste mês de Abril e vim indicar para vocês cinco chick-lits que você TEM QUE CONHECER!

Compartilhe:

09 abril 2017

Quase sem respirar - Rebecca Donovan | Resenha

A luta de Emma contra uma vida doméstica abusiva chegou a uma conclusão sufocante nos capítulos finais de “Uma razão para respirar”. Agora todos de Weslyn sabem seu segredo, mas Carol não poderá mais feri-la.Alguns ainda são assombrados pelo horror daquela noite, e alguns devem enfrentar as consequências de suas próprias escolhas.
Fãs do romance de estreia de Rebecca Donovan vão descobrir que ainda há muito a aprender sobre a vida de Emma.

New adult, ficção | 560 páginas | Editora Pandorga | Essa resenha contém spoiler do primeiro volume da série 

Depois de ter sofrido o inferno na casa de seus tios, ter seu segredo revelado para toda a cidade de Weslyn, Emma enfim poderá recomeçar sob a tutela de Anna e Carl, os pais de Sara, que realmente se importam com ela. Agora ela só quer focar na sua ida a Stanford e em seu namoro com Evan. Mas nem tudo seria fácil. Desde que Emma quase morreu, sua mãe, Rachel, está instalada na cidade e quer de tudo restabelecer uma conexão com a filha. Então, antes de terminar o ensino médio, Emma resolve dar uma chance a mãe e passa a morar com ela.

Rachel porém é uma pessoa instável, alcoólatra, faz chantagem emocional a Emma e constantemente a culpa pela morte de seu pai. Mas Emma não irá desistir tão fácil, e agora ela tem o apoio de Jonathan, o namorado da mãe que tem 28 anos (mas que na verdade tem 24). Jonathan a entende e parece ter passado pelas mesmas situações que Emma quando mais jovem, e assim ela vai revelando a ele seus medos e preocupações mais obscuras. Mas essa amizade com ele trará mais ruínas a sua vida do que ela imaginou: sua mãe a acusa de tentar roubar o namorado dela e Evan começa a se sentir excluído da vida de Emma, ao mesmo tempo que Jonathan começa a mostrar estar-se apaixonando pela garota.

Compartilhe:

07 abril 2017

Simplesmente o paraíso - Julia Quinn | Resenha

Honoria Smythe-Smith é parte do famoso quarteto musical Smythe-Smith, embora não se engane e saiba que o dito quarteto carece sequer do menor sentido musical e tem esperanças postas que esta seja a última vez que se submeta a semelhante humilhação. Esta será sua temporada e com um pouco de sorte conseguirá um marido.Durante um jantar, põe seus olhos em Gregory Bridgerton, um dos mais jovens da família Bridgerton. Sabe que não está apaixonada, mas ele parece uma opção mais que válida.
Marcus Holroyd é o melhor amigo do irmão de Honoria, Daniel, que vive exilado na Italia. Ele prometeu olhar por ela e leva suas responsabilidades muito seriamente. Odeia Londres e durante toda a temporada, permaneceu vigilante e intermediou quando acreditava que o pretendente não era o adequado.
Honoria e Marcus compartilham uma amizade, pouco atípica, fruto dos anos que se conhecem e que o torna parte da família.
Entretanto, um desafortunado acidente faz que ambos repensem sua relação e encontrem a maneira de confrontar o que surge entre eles, se tiverem coragem suficiente.

Romance | 272 páginas | Editora Arqueiro 

Marcus Holroyd sempre foi um menino sozinho desde que sua mãe morreu quando era criança e seu pai raramente lhe dirigia a palavra. Assim que foi mandado a Eton, a escola inglesa mais renomada para jovens aristocratas, Marcus conheceu Daniel Smythe-Smith, e dessa estranha amizade, ele descobriu o verdadeiro significado de família. Nos verões ia para a casa do amigo e lá brincavam de tudo e tentavam ao máximo se livrar da irmã caçula de Daniel, Honoria, seis anos mais nova que eles, que vivia incomodando e seguindo-os para onde iam.
Foto por Leitora Encantada
E assim os dois amigos cresceram, mas depois do fatídico escândalo que obrigou Daniel a viver exilado de Londres, Marcus e Honoria nunca mais se viram. Daniel antes de ir, fez Marcus prometer cuidar de sua irmã, se livrando de todos os pretendentes mau intencionados que a quisessem cortejar, e assim, o jovem rapaz se vê obrigado a desencorajar quase todos os pretendentes de Honoria, sem ela saber, o que deixa a mocinha arrasada.

Compartilhe:

06 abril 2017

5 coisas que todo leitor odeia

É fato que ser amante de livros é uma das melhores coisas do mundo, EVER, mas infelizmente sempre tem aquelas coisinhas minúsculas que tiram a gente do sério e faz qualquer um odiar ser leitor. Eu passo muita raiva com algumas situações que só quem é leitor entende, e neste post eu vim justamente falar delas! Será que vocês já conseguem definir quais seriam elas?

Compartilhe:

05 abril 2017

Vamos falar de sick-lit? - Parte 2

Para quem não sabe, essa é a segunda parte do post que eu fiz sobre sick-lit. Neste post eu falo sobre alguns temas bem recorrentes no gênero, inclusive doenças e patologias que os personagens tendem a ter. Este post tem como princípio mostrar a vocês um pouco mais sobre o sick-lit e o porquê dele ter se tornado um dos gêneros mais lidos ultimamente, inclusive fica meu apelo para que os autores nacionais possam cada vez mais trazer livros assim para os leitores. Se você ainda não conferiu a primeira parte e quer saber o que é o sick-lit, você pode ler o post completo aqui.

Relembrando: no primeiro post falamos sobre dislexia, doenças degenerativas e câncer.

Compartilhe:

04 abril 2017

Príncipe Quebrado - Erin Watt | Resenha

De brigas secretas em cais e rixas na escola a destruição de vidas dentro de mansões reluzentes, um rapaz tenta salvar a si próprio.A REALEZA VAI ARRUINAR VOCÊ…
Reed Royal tem tudo -- aparência, status, dinheiro. As garotas em sua escola privada fazem fila para sair com ele, os garotos querem ser ele, mas Reed nunca deu importância para nada fora sua família até Ella Harper entrar em sua vida.
O que começou como um ressentimento aquecido e necessidade para fazer o novo prêmio de seu pai sofrer se transformou em algo completamente diferente — manter Ella por perto. Mas quando um erro idiota a leva para longe dos braços de Reed e traz o caos para a mansão Royal, o mundo de Reed começa a desabar ao seu redor.
Ella não o quer mais. Ela diz que eles só vão destruir um ao outro.
ELA TALVEZ ESTEJA CERTA.
Segredos. Traições. Inimizades. É algo com que Reed nunca enfrentou antes, e se ele quiser ganhar sua princesa de volta, ele precisará provar que é realmente digno.

Jovem Adulto | 325 páginas | Editora Everafter Platinum | Esta resenha contém spoilers do primeiro volume da série

Depois do fim abrupto de Princesa de Papel onde Ella acabou pegando Reed na cama com a namorada de Callum, Brooke, ela vai embora da mansão Royal sem destino. Arruinada emocionalmente, Ella foge mais uma vez e não entende como Reed poderia ter feito isso com ela depois de ter declarado seu amor uma noite antes.

Depois do susto que Reed teve ao descobrir que Brooke está grávida e o filho pode ser seu, ele precisa trazer Ella de volta a sua vida, porque desde que ela foi embora, a mansão Royal já não é a mesma. Com todos os irmãos com raiva e sem falar com ele, Reed ainda perdeu o controle total sobre a escola, que vem deixando mais vítimas de bullying. Ele precisa encontrar Ella o quanto antes para colocar as rédeas na situação ao mesmo tempo que tenta melhorar sua relação com seu pai, Callum.

Compartilhe:

Os desenhos mais fofos do Behance

Acho que muita gente aqui já deve conhecer o Behance. O Behance é um site onde vários designers, ilustradores e profissionais ao redor do mundo podem expor seu portfólio de trabalho. E como eu sou a apaixonada pelos desenhos, vivo procurando vez ou outra algum para colocar aqui no blog, e caramba, há muita coisa bonita para vocês verem! Pois bem, separei alguns ilustradores que fazem um trabalho maravilhoso e vim mostrar alguma de suas obras para vocês, e se você também quiserem contratá-los, há como entrar em contato com eles. Espero que gostem!

Compartilhe:

03 abril 2017

Batalha de capas: A probabilidade estatística do amor à primeira vista

Olá, galerinha! Como vão? Hoje eu resolvi fazer outra Batalha de Capas e trouxe um livro com um título um tanto inusitado e beeeem grande. A probabilidade estatística do amor à primeira vista é um livro adolescente bem fofo, que reúne em suas páginas a história de amor instantâneo de duas pessoas que se conhecem durante um voo. O legal desse livro é que ele foi lançado em vários países e a sua capa foi refeita em quase todos, então tem muita coisa para vocês olharem. Vamos lá?
Essa é a capa brasileira para que vocês possam compará-las com as demais abaixo.

Compartilhe:

02 abril 2017

Resumo do mês de Março

Hello, pessoas! Depois de tanto tempo, Março enfim resolveu acabar e podemos dar um alô para Abril 👏 Infelizmente, mesmo com o mês sendo tãaaao devagar, o blog não teve muitas novidades além das leituras e de uma parceria. Mesmo assim, estou contente porque esse mês me superei e li horrores, tanto que minha cabeça está doendo de tanta informação assimilada.

Mas antes, vamos relembrar o aniversário do blog que foi um dos momentos mais importantes para mim este mês. Dia 14, nós do Leitora Encantada estávamos completando um ano de existência e eu fiz aquele super mega texto de agradecimento a vocês! Você pode conferir o texto aqui e também, descobrir quem foi a ganhadora daqueles três livros que estávamos sorteando.

Compartilhe: