Facebook

Tag Feitiços Literários

Oi gente!
Vim trazer uma tag muito legal que vi no blog Viciadas em Livros essa semana. A tag é bem divertida e foi inspirada em Harry Potter, então já podem saber o quanto eu gostei dela! Vamos lá?


Expecto Patronum - um livro de infância relacionado com boas lembranças;

Foto por Youtube
Quando eu era criança eu não era muito de ler livros, meu vício realmente estavas nos gibis da Turma da Mônica. Eu praticamente devorei todos os volumes disponíveis da biblioteca da minha escola e gostava muito da facilidade das histórias serem apresentadas. Tenho uma saudade imensa desses gibis ❤


Expelliarmus - um livro que te surpreendeu

Foto por Karin Paredes
E se for você? foi um daqueles livros que comecei a ler despretensiosamente e de repente, me vi totalmente presa na história. A Rebecca tem uma escrita viciante e eu me surpreendi muito com as reviravoltas desse livro.


Priori Incantatem - o último livro que você leu

Foto por Leitora Encantada
Cartas para uma falsa dama foi minha mais recente leitura, que começou muito bem mas infelizmente pecou no final. Mesmo assim indico para quem curte romances de época.

Alohomora - um livro que te fez abrir as portas para um gênero anteriormente desconhecido.

Foto por Bianca Branco
Sempre que posso estou indicando Puros da Julianna Baggot para vocês, mas é porque vocês não tem ideia do quanto amei esse livro. Foi meu primeiro contato com as distopias e confesso que foi uma das únicas que realmente me cativaram.

Riddikulus - um livro engraçado que você tenha lido.

Foto por Leitora Encantada
Partiu vida nova foi um livro muito divertido e que teve grande impacto sobre mim pois consegui ver uma personagem que realmente conseguiu enfim crescer e seguir em frente. Mas para isso, Mariana ainda passou por muitas situações hilárias e bem diferentes.

Cartas para uma falsa dama - Carol Townend | Resenha

Sinopse: Ainda recém-casado, o conde Tristan deixou sua esposa para defender o ducado da Bretanha. Dois anos se passaram desde a última vez que Francesca vira o belo rosto do marido. Durante todo esse tempo, ela escreveu incessantemente para Tristan, mas não recebeu resposta. Nem mesmo após descobrir que não era a filha verdadeira do conde Myrrdin. Aflita, ela esperava receber o pedido de anulação do casamento a qualquer momento. Porém, quando Tristan retorna, Francesca percebe que não é a única assombrada por segredos do passado.
Romance | 295 páginas | Editora Harlequin Books | Nota: 4/5

Francesca aos 16 anos se casou com o conde Tristan des Iles, mas após ele ter sido chamado para um trabalho diplomático em nome da Duquesa, ele e Francesca nunca mais se viram. Somando o fato de Francesca ter descoberto não ser a filha legítima do conde Myrrdin, ela acabou indo embora da Bretanha por não achar que ali seria mais o seu lugar.

Há dois anos Francesca constantemente envia cartas ao marido que são igualmente ignoradas. Sua maior suspeita é que agora não sendo mais uma lady da sociedade, ele queira pedir a anulação do casamento pois casou-se com ela com a esperança de um dia herdar as propriedades de Myrrdin. Até que em um certo baile, Tristan não só volta para casa como diz que tem notícias importantes para Francesca: aquele homem que sempre considerou seu pai está morrendo.
Foto por Leitora Encantada
Eles agora precisam voltar a Bretanha antes que o pior aconteça mas mesmo que Tristan tenha chegado disposto a pedir a anulação do casamento, lembrar-se das poucas semanas de casado ao lado de Francesca sem toma-la para si requer um grande esforço. E pior, Tristan tem outros segredos que não poderá revelar a sua bela esposa assim como há alguém querendo fazer mal a ela com a esperança de atingi-lo. 

MINHA OPINIÃO

Sabe quando um livro começa mostrando uma história maravilhosa e muito bem construída, mas no final acaba se perdendo? Senti isso quando lia Cartas para uma falsa dama. Apesar dos personagens terem sido bem desenvolvidos ao longo da trama, quanto mais eu ia chegando ao ápice da leitura, mais via falhas com o desenvolvimento do fim da história. Calma, não desanime que eu vou explicar!

Um amor de detetive (Série Família Colshannon #1) - Sarah Mason | Resenha

Sinopse: Neste divertido romance de estréia de Sarah Mason, Um amor de detetive, os opostos se encontram e - como não poderia deixar de ser -, também se atraem. A bela Holly Colshannon é uma ambiciosa e desastrada jornalista da Bristol Gazette. James Sabine (apenas um pouco mais bonito que ela), é um sargento-detetive durão, grosseiro e ressentido. Levados pelo acaso , eles se encontram diversas vezes por conta de uma série de coincidências bastante oportunas. Rapidamente, a determinada Holly vê em James a grande chance de progredir em sua carreira e decide segui-lo por um período de seis semanas a fim de escrever uma coluna criminal, que poderá vir a ser o seu primeiro sucesso jornalístico. O lado positivo da situação é que ela consegue obter a tão sonhada coluna. O lado negativo é que o bonitão não está nem um pouco feliz com a presença constante de Hally em sua vida.
Chick-lit | 336 páginas | Editora Bertrand Brasil | Nota: 5/5

Holly Colshannon é uma das repórteres do jornal local Bristol Gazette. Desde que começou a trabalhar lá, ela sempre cobria colunas que ninguém queria cobrir, mas sua sorte parece que está para mudar, ou talvez não. Há uma nova vaga para a coluna policial, o problema é que a relação da polícia de Bristol com a imprensa não é nada boa e tudo parece piorar quando Holly conhece o sargento-detetive James Sabine, que não está nada satisfeito em ter essa moça destrambelhada em seu encalço.

Holly ficará seis semanas registrando o trabalho do detetive, assim como terá seis semanas para que ambos deixem as diferenças de lado e passem a melhor interagir. Mas mesmo que James seja incrivelmente lindo e dono de um porte de dar inveja, ele não está disposto a facilitar em nada a vida de Holly. Será que ambos irão conseguir se controlar ou o cupido terá que entrar no meio e dar uma forcinha?
Foto por Leitora Encantada

MINHA OPINIÃO

Esse é meu segundo contato com a autora Sarah Mason. Li um outro chick-lit dela que infelizmente não foi tão bom quanto este, então estou bem animada com esta resenha porque li Um amor de detetive com diversas ressalvas e no fim, fui surpreendida positivamente pela obra.

Primeiro ponto que devo comentar com vocês é que o livro não tem tanto foque no romance, acho que é algo que vários chick-lits britânicos tem. Ele está mais focado na coluna de Holly no jornal e no trabalho de seis meses dela como detetive. E acho que foi justamente por ter esse enfoque maior no trabalho de ambos os personagens que me fez gostar mais da história. Não é como se você fosse ver dois personagens com uma grande atração logo no começo da história, longe disso, James e Holly simplesmente não bateram o santo e constantemente vivem brigando, e é ao longo dessas seis semanas, com o convívio entre eles que um possível romance pode acontecer.
Foto por Leitora Encantada
Mas é claro que haverá alguns empecilhos como o fato de Holly ter um namorado jogador de rugby chamado Ben, e James está prestes a se casar no fim do mês.

4 livros divertidos para sair de vez da ressaca literária

Ressaca literária, será que tem coisa pior que isso? Difícil em! Quem já passou pelos sintomas de uma boa ressaca, sabe o quanto é ruim tentar ler um livro de todo jeito e falhar miseravelmente. Há diversas maneiras de você sair dela, mas a mais eficaz é dar um tempo e ler livros mais leves, no meu caso, mais divertidos e/ou românticos. Pensando um pouco mais nos livros divertidos, que convenhamos, são os melhores, separei quatro deles que eu simplesmente adorei e me diverti muito, e espero que aconteça o mesmo com vocês. 

Então vamos as indicações! ~que rufem os tambores~

Foto por Livro Doce Livro

Um amor de detetive - Sarah Mason


Terminei esse livro ontem em pouquíssimas horas e em breve teremos resenha do mesmo, mas antes vou falar um pouquinho sobre ele para vocês. A história que a Sarah Mason criou é muito divertida, com personagens igualmente cativantes, incluindo a protagonista Holly, que é uma mulher de 25 anos puramente atrapalhada, daquelas que tropeçam no próprio pé e duas vezes! Ela passa por cada situação engraçada que é impossível você não rir da moça e não se compadecer por ela. 

Foto por Coisas de Mineira

Malícias e Delícias - Tara Sivec


Malícias e Delícias pode até ter um conteúdo mais adulto para algumas leitoras, mas com certeza ele exagera nas cenas cômicas. Pensa em um livro que foi feito para você soltar gargalhas! Ri muito com essa obra, era cada cena hilária que acontecia que a leitura acabou se tornando maravilhosamente prazerosa. É um livro super divertido, que brinca muito com a sexualidade das pessoas e levanta o astral de todo mundo.

Foto por Em cada página

O desafio - Rachel Van Dyken


O desafio é um romance que embora não pareça muito interessante, te absorve completamente mas quem rouba toda a cena mesma é a Vovó Nadine, a personagem mais louca de todos os livros que já li. Gente, nunca ri tanto com uma personagem secundária, sério. Vovó Nadine faz de tudo para que seus netos se casem e arquiteta os melhores planos para que isso aconteça. O livro faz parte de uma trilogia na verdade, mas foi o segundo volume que mais me cativou pelo excesso de momentos engraçados narrados ali. Vocês simplesmente precisam conhecer essa mulher!

Foto por Bea Reads


Entre a culpa e o desejo - Sarah MacLean


E é claro que não poderia faltar um romance de época nesta lista! Entre a culpa e o desejo foi um dos meus preferidos da série O clube dos canalhas e o que mais me divertiu foi a protagonista Pippa, que por ser tão cética e uma cientista, descarta todas as ideias de amor. O que é divertido nisso é que ela quer saber como desempenhar bem o papel de esposa e até mesmo como se deve beijar! Imagina só a inocência da moça. Ela faz cada pergunta direta a respeito disso que rende boas gargalhas por parte do leitor, adorei essa ignorância dela, fez ficar mais fofa e muito divertida a narrativa.

E vocês, tem algum livro para indicar contra a ressaca literária ou já leram algum desses e querem compartilhar conosco sua experiência?

A pequena livraria dos corações solitários (A livraria dos corações solitários #1) - Annie Darling

Sinopse: Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes. Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”. O primeiro livro da série A Livraria dos Corações Solitários!
Chick-lit, romance, ficção | 308 páginas | Editora Verus | Nota: 4/5

Posy Morland sempre viveu através das estantes da Bookends, uma pequena livraria local perto de Londres. Lavínia, sua dona, sempre tratou ela e seu irmão, Sam, como seus netos desde que os pais de ambos morreram há sete anos atrás. Agora, Lavínia também se foi e como herança deixou a livraria nas mãos de Posy. 

Tudo o que Lavínia desejou em seu testamento foi que a nova dona conseguisse reerguer a livraria que já estava passando por dificuldades antes mesmo dela morrer. Para isso, Posy teria o período de dois anos, após isso, se ela não conseguisse fazer com que a livraria tornasse outra vez sustentável, ela passaria para a posse de Sebastian, o único neto de Lavínia.
Foto por Leitora Encantada
Sebastian não é somente lindo e irresistível como também é conhecido por ser o Homem Mais Grosso de Londres. E ele gosta muito de representar esse papel! Depois de uma paixonite na infância por ele, Posy simplesmente o detesta e juntos trocam várias provocações. 

Ela agora tem a missão de fazer com que a Booksend vire "Felizes para sempre", uma livraria voltada somente para ficção romântica, mas Sebastian quer a todo custo que seja ficção policial. Será que ambos conseguirão levar essa ideia adiante? Ou será que o período de dois anos será muito grande para que ambos possam suportar ficar perto um do outro?

MINHA OPINIÃO


Antes de mais nada, vamos comentar sobre essa capa linda e fofinha que a editora Verus caprichou para nós leitores. Gente, que coisinha mais linda! E mesmo que a história não tenha me cativado de todo, com certeza eu compraria o livro outra vez somente para ter essa belezura na minha estante. Parabéns pela diagramação que também está maravilhosa ❤

Enfim... a história basicamente se resume a Posy tentando reabrir o negócio da livraria em outro nicho. O que parece ser impossível já que a situação financeira não é a das melhores e o curto espaço de tempo para relançarem a livraria requer muita energia de todos os envolvidos. Com ajuda de seu irmão Sam, e os quatro funcionários, Sophie, Tom, Verity e Nina, Posy tentará fazer do impossível o possível para levar essa ideia adiante.

Gelo Negro - Becca Ftizpatrick | Resenha

Sinopse: Britt Pfeiffer passou meses se preparando para uma trilha na Cordilheira Teton, um lugar cheio de mistérios. Antes mesmo de chegar à cabana nas montanhas, ela e a melhor amiga, Korbie, enfrentam uma nevasca avassaladora e são obrigadas a abandonar o carro e procurar ajuda. As duas acabam sendo acolhidas por dois homens atraentes e imaginam que estão em segurança.
Os homens, porém, são criminosos foragidos e as fazem reféns. Para sobreviver, Britt precisará enfrentar o frio e a neve para guiar os sequestradores para fora das montanhas. Durante a arriscada jornada em meio à natureza selvagem, um homem se mostra mais um aliado do que um inimigo, e Britt acaba se deixando envolver. Será que ela pode confiar nele? Sua vida dependerá dessa resposta.
Jovem adulto, romance, suspense e mistério, ficção | 304 páginas | Editora Intrínseca | Nota: 5/5

Britt Pfeiffer está louca para que as férias cheguem, assim ela e sua melhor amiga, Korbie, poderão fazer a tão sonhada trilha na Cordilheira Teton. Ela só não esperava que seu ex-namorado e irmão de sua amiga, Calvin também iria com eles. Calvin foi o primeiro amor de Britt e após um breve envolvimento, ele foi para a faculdade e terminou com ela por telefone, deixando-a com um coração partido. 

Na manhã antes de pegarem a estrada, Calvin encontra Britt no posto de gasolina, e ela para disfarçar toda a dor que ele deixou a sentir durante os oito longos meses que ele a ignorou, Britt fingiu estar namorando outra pessoa, e aparece um homem chamado Mason, um total desconhecido para ajudá-la nisso. Mason é um jovem bonito, com aparência de lenhador e assustadoramente misterioso. Britt achou que nunca mais fosse vê-lo, até que quando ela e Korbie estão subindo as montanhas, uma nevasca horrível faz com que seu jipe pare de funcionar. Desesperadas e com frio, elas acabam encontrando uma cabana e lá estão duas pessoas: Shaun e Mason.
Foto por Leitora Encantada
O que elas não sabem é que ambos estão fugindo da polícia e vão as sequestrar para que elas possam mostram a melhor forma de sair daquela cabana. Mas será que ambos os sequestradores realmente são pessoas ruins? Mason ora se mostra preocupado com Britt e outras se mostra agressivo. Quem será que ele realmente é e por que será que Britt se sente inegavelmente atraída por ele? 

MINHA OPINIÃO


Foi meu segundo contato com a autora Becca, depois de Sussurro, primeiro volume da série Hush Hush, que convenhamos, não me impressionou tanto quanto a história parecia fazer. Mas em compensação, Gelo Negro deixou meus cabelos em pé em meio a tanto mistério e perigo que Korbie e Britt estariam enfrentando. 

Britt somente tem 17 anos e está há meses se preparando para a tão sonhada trilha que ela e sua melhor amiga vão fazer, isso tudo para mostrar a Calvin que ela sabe se virar sozinha sem ele. Como ela sempre foi a filhinha do papai, ele, seu irmão Ian e Calvin sempre iam a seu pedido quando ela tinha que lidar com alguma dificuldade, mas dessa vez ela queria mostrar para seu ex que já não precisava mais dele, até porque Calvin cresceu acampando e fazendo trilha na área montanhosa da cidade, conhecendo aquele lugar de cabo a rabo.
Foto por Leitora Encantada