Facebook

Tag Natal em Livros

Então é Natal!!! Minha gente, vocês também tão com a impressão que o dia 25 está chegando mas que ainda não caiu a ficha que já é Natal? Eu acho que tô meia perdida no tempo, sei lá. ENFIM! Apesar de não estar tão animadona esse final de ano para o feriado mais esperado do ano, eu amo essa época de árvores de natal, Papai Noel e por aí vai, e quando vi essa tag no blog da Mari, Galáxia dos Desejos, é claro que eu precisava fazer. Sinta-se mais do que indicado para respondê-la, sim.

5 fatos literários sobre mim!

Já faz muitos anos que eu comecei a minha história com os livros. Desde pequena sempre gostei de ler os gibis da Turma da Mônica, o que me ajudou a começar de fato a devorar qualquer coisa que fosse impressa anos depois, mas somente agora consegui realmente me encontrar, descobri o que gosto, o que não gosto, enfim.  Por isso, há alguns fatos literários bem engraçados sobre a minha pessoa que provavelmente vocês não sabiam, mas que eu vou contar agora.

Minha vida (não tão) perfeita - Sophie Kinsella | Resenha

Dramas, confusões e uma boa dose de amor são os ingredientes do novo romance de Sophie Kinsella. Uma divertida crítica aos julgamentos errados que uma boa foto no Instagram pode gerar. Cat Brenner tem uma vida perfeita mora num flat em Londres, tem um emprego glamoroso e um perfil supercool no Instagram. Ah, ok... Não é bem assim... Seu flat tem um quarto minúsculo sem espaço nem para guarda-roupa , seu trabalho numa agência de publicidade é burocrático e chato, e a vida que compartilha no Instagram não reflete exatamente a realidade. E seu nome verdadeiro nem é Cat, é Katie. Mas um dia seus sonhos se tornarão realidade. Bom, é nisso que ela acredita até que, de repente, sua vida não tão perfeita desmorona. Demeter, sua chefe bem-sucedida, a demite. Tudo o que Katie sempre sonhou vai por água abaixo, e ela resolve dar um tempo na casa da família, em Somerset. Em sua cidadezinha natal, ela decide ajudar o pai e a madrasta com a nova empreitada do casal: os dois planejam transformar a fazenda da família em um glamping, uma espécie de camping de luxo e estão muito empolgados com o novo negócio, mas não sabem muito bem por onde começar. E não é justamente lá que o destino coloca Katie e sua ex-chefe cara a cara de novo? Demeter e a família vão passar as férias no glamping, e Katie tem a chance de, enfim, colocar aquela megera no seu devido lugar. Mas será que ela deve mesmo se vingar da pessoa que arruinou sua vida? Ou apenas tentar recuperar seu emprego? Demeter - a executiva que tem tudo a seus pés - possui mesmo uma vida tão perfeita, ou quem sabe, as duas têm mais em comum do que imaginam? Por que, pensando bem, o que há de errado em não ter uma vida (não tão) perfeita assim?
Chick-lit | 406 páginas | Editora Record | Nota: 

Mais uma vez Sophie Kinsella nos entrega um chick-lit divertido e muito bem desenvolvido. Terminei a história com aquele sentimento gostoso de ter feitos amigos durante o enredo, e se você ainda não leu esse livro, não sabe o que está perdendo.

Katie/Cat Brenner é uma moça de cidade pequena tentando ser alguém em uma cidade grande. Mesmo formada em design ela é apenas mais uma das funcionários de uma grande empresa de marketing. Apesar de suas fotos no Instagram mostrarem uma vida mais que feliz em Londres, não é bem assim que as coisas são. Morando bem longe do local de trabalho, com um apartamento minúsculo que divide com mais duas pessoas, e tendo que contar e economizar todo centavo que ganha, Katie leva seus dias com uma boa dose de otimismo.
Minha autoria

5 motivos para você comprar na Amazon

Pra quem não sabe, eu praticamente aboli minhas visitas as livrarias do Shopping e agora só compro online. A facilidade para efetuar o pedido traz inúmeros benefícios ao cliente, e por isso adotei a Amazon como minha melhor amiga. Pra quem ainda não conhece o site ou tem dúvidas sobre comprar lá, trouxe esse post para vocês com cinco motivos para deixarem as reservas de lado e se acabarem de tanto comprar.

1. Preços mais acessíveis

Antes de tudo, os preços logicamente ditam as nossas compras. A Amazon tem um acervo muito grande de produtos, desde livros até mesmo aparelhos eletrônicos, e por isso os preços são bem mais acessíveis, mesmo que ás vezes você acha que estão caros. Basicamente compro lá quase toda semana e ainda saio no lucro de levar dois livros por até R$40, e com frente incluso! Isso é um luxo que nós leitores precisamos aproveitar.

2. Promoções a todo momento

O mais legal do site também é que quase todo mês ele entra em promoção, seja por algum feriado, aniversário ou semana geek. A Amazon preza muito as promoções que possam vir ajudar o cliente a gastar mais, e por isso elas fazem isso a torto e a direito. Eu aproveito muito essas promoções, e vocês?

3. Frete tabelado

Não sei vocês mas uma das coisas que mais compensa comprar na Amazon é o frente tabelado. Se não me engano, aqui o preço é R$7,90, independente se você tiver comprado meio mundo, você irá pagar somente isso para receber os produtos na sua casa, e para quem usa e abusa do Correios como nós, sabemos o quanto os livros por peso e selo são caros.

4. Chega rapidinho

Não basta ter um frente maravilhoso e barato, o livro tende chegar bem rápido. Poucas vezes o site entrega algum pedido fora do prazo, minhas compras mesmo tendem a chegar no máximo em uma semana, e vem super embaladas, coisa que infelizmente falta em relação a algumas lojas.

5. Descontos surpresas

E mais um motivo para você comprar são os descontos surpresas, que geralmente acontecem quando o cliente finaliza a compra, e do nada percebe que tem algum produto com desconto, ou quando o pacote chega em casa e a gente ganha aqueles cupons maravilhosos juntos. Eu já recebi os dois, e por isso acredito que a Amazon vale a pena sim ser usada como loja.

Espero que com esses itens eu tenha te convencido a comprar na Amazon agora! Não perca mais nenhum momento, entre no site e boas compras.


Uma duquesa qualquer - Tessa Dare | Resenha

O que fazer com um duque relutante em se casar? A Duquesa de Halford – e mãe de Griffin, o duque libertino, irresponsável, que deseja apenas os prazeres da vida – tem o plano perfeito. Na verdade, ela conhece o lugar perfeito… Spindle Cove.
No paraíso das jovens solteiras, a duquesa insiste para que o filho escolha uma dama. Qualquer uma. E ela a transformará na melhor duquesa de Londres. Griff, então, decide achar alguém que acabará com os planos e com a ideia maluca de forçá-lo a se casar… Ele escolhe a atendente da taverna Touro & Flor, Pauline Simms – que nunca sonhou com duques ou com casamento, mas sim com o dinheiro que possibilitaria uma mudança completa em sua vida e na vida da pobre irmã, Daniela.
O duque e a Srta. Simms estabelecem um acordo: a mãe de Griff tem uma semana para transformar a criada em uma duquesa perfeita, então Pauline deverá ser um desastre durante sete dias e, se tudo der certo (ou melhor, se tudo der completamente errado), receberá mil libras e poderá realizar o sonho de construir a própria biblioteca em Spindle Cove.
Em pouco tempo, porém, o duque é surpreendido ao conhecer Pauline e descobrir que a moça é muito mais do que uma simples atendente, e a atração entre os dois é inevitável. Mas em um mundo em que as classes sociais são o que realmente importa, vence a ambição ou o coração?
Romance | 272 páginas | Editora Gutenberg | Nota:  

Antes de mais nada, devo dizer que minha relação com os livros da Tessa Dare é meio estranha, isso porque amei a série dela dos Castelos, e detestei o primeiro volume da série Spindle Cove, tanto que nem dei continuidade. Porém, eu li uma resenha tão legal sobre Uma Duquesa Qualquer, o quarto volume que resolvi encarar mais esta leitura, e posso dizer que me surpreendi e muito, positivamente. 

A Duquesa de Halford está cansada de ver seu filho, Griff, perder tempo com festas e libertinagem, na opinião dela, Griff está na hora de sossegar e casar-se, e o quanto antes lhe dar netos. Disposta a ver seu filho casado, mesmo que seja a força, ela o sequestra e o leva até Sussex, mais precisamente em Spindle Cove, lar das solteiras que precisam se refugiar longe de Londres. Na taverna Touro e Flor, ela aponta para todas as moças e diz para Griff escolher uma, para que ela possa transformar a moça escolhida na próxima duquesa.
Minha autoria

A mudança que eu queria ver em mim

Ano Novo está chegando mas eu não consegui esperar para trazer novos ares ao blog. Já tem alguns meses que eu sentia a necessidade de mudar o nome do blog, não que o Leitora Encantada não estivesse me agradando, mas já não me sentia mais representada por este nome. Eu criei o blog com o intuito de falar apenas sobre livros, já que é um assunto que eu domino, porém, ao longo dos meses eu fui mudando e com isso, a vontade de abordar outros temas e também me sentir melhor representada aqui começou a tomar forma.

E mesmo com essa vontade, eu nunca tive de fato coragem, é chato ficar mudando e migrando as coisas, além das pessoas não estarem preparadas para isso. Até que eu vi um post da Alice, no antigo Alice and the books, que resumiu tudo aquilo que eu estava sentindo. Esse foi o empurrãozinho que eu precisava para dar adeus ao Leitora Encantada e dizer alô a um novo nome, Suddenly things (De repente, coisas).

Calma, o intuito do blog ainda será falar sobre livros, mas agora ele irá ter mais um pouquinho de mim, ainda serei a mesma Mi dos posts revoltados e engraçados, não se preocupem. Também demorei a mudar o nome do blog justamente porque é muito difícil escolher um nome novo, e ao passar a tarde toda tentando, escolhi esse porque acredito que cada post meu é uma coisa diferente. Não consigo escrever rascunho, tudo que sai aqui é bem espontâneo, e por isso o título que é um pouco diferente, mas que tem seu charme.

Espero que gostem dessa nova fase, porém não tão nova assim, e me perdoem por quaisquer transtornos ❤.


Seduzida até domingo - Catherine Bybee | Resenha

Meg Rosenthal: administradora de agência de casamentos e realista nas horas vagas, Meg não é mulher de se deixar seduzir por um empresário bonitão em um terno feito sob medida. Ela viajou ao exclusivo resort em uma ilha particular com o objetivo de avaliar o potencial do lugar para os clientes da agência, não a fim de se envolver com o dono do hotel. Mas há algo no fascinante italiano que é difícil de resistir, mesmo para uma mulher que se recusa a se apaixonar. Valentino Masini: o lindo e bem-sucedido homem de negócios está acostumado a ter as melhores coisas da vida. No entanto, ele nunca quis nada como quer Meg, a mulher que está criando uma tormenta em seu coração. Quando ele finalmente decide convencê-la a ficar, uma pessoa misteriosa resolve que talvez seja a hora de tirar Meg da ilha... para sempre. 
Romance | 292 páginas | Editora Verus | Nota:

As resenhas dos livros da série Noivas da Semana irão ter um breve colapso na ordem, isso porque comprei o sexto livro antes do quinto, mas mesmo assim, não se preocupem com spoilers, já que cada história é independente, apesar de ser imprescindível que leiamos na ordem.

Em Seduzida até domingo iremos conhecer Meg Rosenthal, a melhor amiga de Judy – protagonista do quinto livro -, e agora, mais uma contratada da Alliance. Já perceberam que as protagonistas sempre são as que trabalharam na empresa? Enfim... Meg é uma pessoa divertida, ousada e após estar trabalhando durante algum tempo com o negócio de casamentos, ela está disposta a conhecer algum lugar reservado onde seus clientes possam ir em “lua-de-mel” sem se preocuparem com paparazzis.
Foto por Leitora Encantada

Meus livros favoritos dos romances de época

Desde que descobri o gênero romance de época lendo O Duque e Eu, eu sabia que iria de fato me apaixonar, tanto que já tem várias séries que eu tive o prazer de conhecer e ler. E não é a toa que muitos autores têm apostado tanto em narrativas datadas no século XIX, já que os leitores tem realmente apreciado as histórias que se passam em Londres, Paris ou a Escócia. Como já li muitos livros do tipo e até mesmo indiquei algumas séries para vocês, hoje eu vim falar sobre meus favoritos, para que a gente possa comparar minha opinião com a de vocês.