Quando eu te encontrar - Lucy Vargas | Resenha

Os Ward amam insanamente, mas não tem tempo para esperar.
Sean não esperava nada daquele sábado à noite. Nem sequer memorizar um nome. E acabou implorando por um telefone e um encontro.
Logo ele queria tudo de Beatrice. Seus beijos, seu carinho, seu amor e seu tempo. E ele queria imediatamente. Ela era como uma brisa de ar puro depois de anos sufocando, imerso em seu passado e segredos.
Talvez Beatrice não estivesse pronta pra se comprometer e nem se apaixonar tão intensamente. Será que ela consegue ser a dona dos demônios dele? Por quanto tempo?
“Meu amor é insano e faminto. E seu gosto é bom demais para eu conseguir me saciar.”
Descubra como os Ward começaram.
Romance | 206 páginas | Publicação Independente

Quando eu te encontrar foi meu primeiro contato com a autora brasileira Lucy Vargas, que já tem vários livros publicados por aí. Esse livro já estava há um tempão no meu Drive mas só agora resolvi ler ele, e a narrativa da autora ajudou bastante para que eu terminasse logo a obra. Num primeiro momento achei que a autora se perdeu na construção da narrativa em terceira pessoa. Uma hora ela narrava pelo ponto de vista de um personagem e em seguida adicionava outro. Eu tive problemas para me situar no começo da leitura, mas depois disso tudo ocorreu muito bem.

Sean Ward é um dos membros da importantíssima família Ward, e com isso ele acabou se tornando mais um dos chefes da empresa GW antes dos 30. Em uma viagem a D.C. a negócios, a festa que estava tão tediosa se tornou algo muito interessante quando ele conhece Beatrice Stravos, uma estudante de Design de Interiores que fora convidada pela filha do anfitrião para o mesmo lugar.
Minha autoria
Beatrice não sabe quem aquele homem lindo é, mas não perde tempo ao começar a flertar com ele. Os dois acabam conversando e Sean se sente muito atraído pela moça, mas sabe que não poderia ficar com ela até porque ele mora em Nova York e tem uma grande empresa para comandar, e ela ainda está terminando a faculdade. Mas nem isso impede de Sean pedir o número de seu telefone e marcar um encontro com Bea.

Depois de uma incrível noite com ele, ambos querem mais e não resistem a se ver outra vez. Com o tempo a distância que ambos têm que percorrer para se verem começa a se tornar um empecilho, e na verdade o que eles são? Ficantes de final de semana? Namorados? Mal sabe Bea que Sean também esconde muitos segredos sobre seu passado e fará de tudo para ela nunca saber.
Porque você me faz respirar, é como meu ar puro. E quando estamos juntos só há você, nada mais invade a minha mente. E você não faz ideia do que é pra mim, mas é tudo que eu preciso.
Acho que eu estava esperando outra coisa desse livro, e acabei ficando surpresa pelo enredo só ter exatamente isso. Esse volume 0.5 é como se fosse uma prévia dos livros que serão lançados a respeito do romance do casal, então aqui só temos o desenvolvimento deles como namorados e acredito eu que será nos outros volumes que o passado de Ward começará a aparecer de vez.
Minha autoria
Mas o fato da história não ter muita coisa de interessante não tira o destaque da autora em saber conduzir suas páginas. Lucy Vargas escreve maravilhosamente bem, tirando meu problema com a narrativa no início da leitura, ela consegue envolver o leitor com palavras simples. Até as cenas mais quentes foram bem escritas e eu achei-as todas muito sensuais. Os personagens também são cativantes, seja Sean, que conseguiu quebrar alguns estereótipos do mocinho rico e CEO de alguma coisa, seja Bea que é uma garota divertida, de família e que aceita Sean e toda a bagagem que vem com ele.

Quando eu te encontrar é basicamente uma história morna, que nos mostra como o desenvolvimento do casal acontece para que possamos entender melhor sua relação nos demais livros da série. Eu curti muito a leitura apesar do enredo não ser rico em grandes acontecimentos e estou ansiosíssima para ler os demais.
Minha autoria

Comentários

  1. Oi, Mika!
    Eu não conhecia a autora e nem os seus livros.
    Eu não sei muito bem o que pensar desses livros que são 0.5/1.5 e afins. Esses que não são a continuação, mas que explicam alguns pontos importantes dos livros. Acho que em alguns casos são importantes, mas sei lá... Acho que isso poderia ter sido diminuído e colocado no primeiro livro, não? hahaha
    Apesar disso, parece ser uma trama bem parecida com as demais, bem clichê. Coisa que eu adoro! <3 haha Vou ver se adiciono na minha wishlist :)
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari. Não sei dizer ainda porque não li os demais livros, mas essa prévia foi o bastante para já gostar da escrita da autora e querer mais dela.

      Excluir
  2. Oi, Mi

    Eu nem sabia que essa história era tipo o prequel de uma série! Aliás vou até procurar, pq nem sei o nome dos livros! hahahahaahha
    Que bom que a história é válida apesae do probleminha que você teve no comecinho e da limitação dessa introdução, mas é como você falou, o desenvolvimento mesmo deve vir mais pra frente e eu prevejo drama, drama,drama! Hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beijos
      - Tami
      http://www.meuepilogo.com

      :D

      Excluir
    2. Oi, Mi. Eu também vejo isso mas acredito que a autora conduzirá bem as estórias, vamos torcer por isso.

      Excluir
  3. Oi, Mi!
    Menina, eu sempre gosto de um conto nas histórias quando elas acrescentam algo. Porque tem alguns que é só pra encher linguiça nas publicações hahahaha
    Eu fiquei interessada, mas tenho um pé atrás com a série ser só sobre o casal.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu. Pelo que li da sinopse parece ser somente do casal mas vou arriscar na leitura, vai que são bons.

      Excluir
  4. Tô zero paciência para esses tipos de romance, depois de 50 tons essa enxurrada de new adult deslanchou né!
    Não sou contra romance, nem cenas sensuais na trama, mas cara a vida é mais que isso, tô fora hahahaha
    Quando quero algo leve e sem ser estereotipado demais eu leio Sophie Kinsella ou Jojo Moyes, se bem que até elas eu tô dando um tempo, deve ser a fase que tô passando.
    Pode ser também que o enredo melhore nos próximos livros, acontece muito!
    No mais, é bom descobrir novos autores e autoras.

    xero
    http://rascunhosehistorias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Léa. Particularmente livros assim existem há muito tempo, mas essa história não tem nada a ver com Cinquenta Tons, tipo, nada a ver mesmo kkk nem o carinha Sean, que apesar de ter que comandar um império, ele não é assim.
      Eu gosto de livros assim, mas também enjoei dessa fórmula, sorte a minha que a Lucy é incrível no que faz e por isso deu certo.

      Excluir
  5. Oi, Mi! <3

    Interessante quando um livro não é tão intenso e cheio de aventuras e reviravoltas nos conquista pela simples história e deixa a vontade de querer conhecer mais, ler mais, continuar a série, né!?

    Eu curto essas sutilezas. Afinal, a vida nem sempre é uma montanha-russa, não é mesmo!? Muitas vezes a gente vai vivendo, construindo nossa própria história, conhecendo pessoas, nos envolvendo... E lá pra frente coisas começam a acontecer.

    E, claro, nada como personagens bem construídos pra nos cativarem! <3 Curti a premissa do livro e sua resenha me despertou interesse. Não conhecia a autora e isso é outra coisa que eu AMO. Conhecer novos autores sempre é muito bom!

    Um grande beijo pra você. Adoro seu blog!

    http://www.aquelaepifania.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliza. O legal desse livro é justamente o simples, porque a história nos prende mesmo assim, mostrando que uma relação pode ser somente baseado em ir a casa do namorado e ver os pais dele, não essa coisa louca que a gente sempre vê nos romances. Eu adorei conhecer a Lucy, mas quero mesmo é ler seus romances de época, tenho uma quedinha por eles.

      Excluir
  6. Oi Miriã!
    Já ouvi falar na autora e tenho vontade de conhecer os romances históricos que ela escreve, mas confesso que esse não me interessou...

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sora. Eu também quero muito ler os livros dela, ainda mais Um acordo de cavalheiros que tá na minha lista de desejados há tempos.

      Excluir
  7. Envie seus links https://www.waaap.net

    ResponderExcluir
  8. Oi Mi, nossa eu super concordo com vc, é uma história sem grandes acontecimentos, mas eu tb curti, o segundo parece que acontece mais coisas, mas eu gosto de acompanhar mais quando os casais estão se conhecendo rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, o segundo que o primeiro, bem não sei mais a ordem hahaahhahaha

      Excluir
    2. Oi, Mi. Eu acho que a autora poderia ter juntado isso no outro livro sabe? Mas acho que ela quis dar esse salto de quatro anos pras coisas começarem a acontecer kk vou esperar que seja bom.

      Excluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤