Facebook

As coincidências de Callie e Kayden - Jessica Sorensen | Resenha

Para Kayden, sofrer em silêncio era a única maneira de sobreviver. Se tivesse sorte, ele poderia manter sua cabeça baixa, fazer como lhe foi dito, e iria sobreviver através do dia. Mas uma noite, parecia que a sorte — e a sua vida — poderiam finalmente acabar… Até que um anjo chamado Callie apareceu bem a tempo de salvá-lo.
Callie nunca acreditou na sorte. Não desde o seu décimo segundo aniversário, quando tudo foi tirado dela. Depois que o pior já tinha passado, ela trancou seus sentimentos e jurou nunca contar a ninguém o que aconteceu. Agora, seis anos depois, ela continua lutando com o doloroso segredo que ameaça consumi-la.
Quando o destino decide juntar Kayden e Callie na mesma faculdade, Kayden está determinado a conhecer a bela garota que mudou seu destino. Quieta e reservada, Callie ainda teme deixar qualquer outra pessoa entrar em seu mundo. Mas Kayden está certo de que Callie entrou em sua vida por alguma razão. E quanto mais ele tenta ser uma parte da sua vida, mais ele percebe que, desta vez, é Callie que precisa ser salva.…
New adult | 336 páginas | Editora Amazon  

Kayden Owens e Callie Lawrence estudaram na mesma escola desde a terceira série. Mas depois do fracasso de sua festa de 12 anos e um trauma que ela carrega nas costas, Callie passou a ser considerada estranha por todos, constantemente sofrendo bullying pela sua magreza e pelas grandes roupas que usava, além do fato de não deixar ninguém tocá-la. Assim, mesmo que Kayden tivesse estudado há anos com ela, ele pouco se lembra da garota, até que em uma festa onde o pai de Kayden perde o controle e quase o mata à surras, Callie aparece se colocando na frente do corpo dele, protegendo Kayden. Depois desse episódio, ambos nunca mais se veem, mas Kayden jamais esqueceu que Callie de alguma forma o salvou.

Quatro meses após isso, Callie está na faculdade. Por insistência de Seth, um rapaz que ela conheceu lá e que acabou tornando-se seu único amigo, ela resolve deixar o cabelo crescer e parar de usar roupas tão largas como uma forma de tentar superar o passado. Até que ela revê Kayden, que acaba estudando e jogando futebol na mesma faculdade que ela.

Com este reencontro, ambos acabam se aproximando, ainda mais porque Kayden se sente atraído de uma forma muito estranha ao pequeno corpo de Callie. Em meio a uma estranha amizade entre eles juntamente com Seth e Luke, amigo de ambos, eles começam a viver uma experiência diferente quando resolvem se reconhecer melhor. Mas cada um mantém segredos sobre si mesmo trancado a sete chaves, e mesmo que tentem lutar contra isso, numa hora ele acaba os engolindo de vez, ameaçando toda a felicidade que ambos haviam encontrado.
Minha autoria
Peguei esse livro sem grandes pretensões para ler, e não é que acabei me sentindo totalmente cativada pela história dos personagens e pela escrita da autora? Não posso deixar de dizer que esta história é um completo clichê, isso porque vemos a mesma premissa de outros new adults por aí, mas é a forma como a autora conduz a história e desenvolve os problemas dos personagens que nos sentimos com vontade mais ainda de terminar o livro.

Callie me pareceu em um primeiro momento uma pessoa depressiva, que exala tristeza ao leitor, e eu estava realmente receosa dela acabar deixando de me fazer sentir empatia por isso, porque sinceramente, eu não sou muito fã dessa tristeza exalada pelas páginas. Amém que a autora quis trazer momentos de emoção e reflexão mas soube dosar isso muito bem com diálogos até simples e a narrativa da vida de garotos universitários, o que deixou a história menos densa. É claro que ao longo da história iremos descobrir o que aconteceu com Callie aos 12 anos, o que é um pouco previsível ao leitor, mas que não deixa de nos chocar.

Kayden tem problemas com seu pai, obviamente, mas mesmo assim, ele se torna um garoto charmoso, que encanta o leitor e que  não deixa seus problemas se abaterem sobre ele, ao menos é isso que ele nos mostra ao longo da leitura. Uma coisa em comum nos personagens é justamente esse problema familiar, já que ambos tem pais negligentes, e até os de Callie, que aparentemente não parecem causar mal, acabam tendo sua parcela de culpa nos problemas da personagem. 
Minha autoria
Achei um pouco cansativo a autora trazer uma bagagem emocional para todos os personagens, inclusive Luke e Seth, que também acabamos descobrindo ao longo da narrativa. Esse excesso de drama por vezes torna-se cansativo, o que pode ser aliviado um pouco pelos comentários engraçados e sarcásticos de Seth, que namoral, é um amigão para Callie. Luke também não fica atrás, mas seus problemas são mais profundos e serão trabalhados no terceiro livro da série.

O livro aborda temas como violência doméstica, homofobia, auto mutilação, estupro, uso de drogas, suicídio, relações familiares e por aí vai. Acho que a autora soube aproveitar cada um dos assuntos, mesmo que alguns tenham passado um pouco batido durante a leitura. 
Minha autoria
O livro ainda  não foi publicado aqui no Brasil, e acho que nem vai, por isso li em uma versão traduzida, que por sinal tá muito ruim, o que dificultou a leitura, mas nem por isso desisti e acabei correndo indo ler o segundo volume. Pra quem gosta de new adult carregado de dramas e superação, pode se interessar pela obra.
Comentários
20 Comentários

20 comentários :

  1. Oi, Mika!
    Que livro amorzinho.
    Eu adoro clichês de vez em quando!
    E é uma pena que não tenha publicação aqui e a tradução seja ruinzinha. Isso me desestimula a ler, confesso.
    Fiquei curiosa pela história.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teca. Assim, dá pra ler mas são tantos erros que torna irritante ao longo da leitura, mas se a história te interessar, vale a pena.

      Excluir
  2. E esse layout? Ficou a coisa mais linda mesmo <3. Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas acho que a história deve ser pesada (por conta dos tantos assuntos polêmicos), mas um amor ao mesmo tempo por causa das superações e tal. Uma pena que talvez não seja lançado no Brasil, uma vez li um livro traduzido (se não me engano foi algum da série Belo Desastre) e nossa senhora, nem consegui terminar de tão ruim a tradução, sabe? Mas adorei a resenha!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi. Já li livros muito bons de tradução feita por fãs, mas esse pecou em algumas partes, me deu a maior agonia. Eu gostei muito dessa obra, os temas abordados são diversos mas cada um tem sua importância na história.

      Excluir
  3. Oii Mi, não conhecia o livro, mas como boa fã de new adult já quero ler, amei a premissa, e por saber que vai tratar de superação e tem drama, amo livros assim.
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol. Se você curte temas assim então vai adorar o livro como eu. Realmente gostei muito.

      Excluir
  4. Oi, Mi!
    Realmente mó clichezão esse livro, mas gostei que a autora abordou temas bem sérios.
    E realmente muito drama fica chata a leitura.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu.
      Eu me irritei muito com a trilogia Respire da Rebecca Donovan por causa do excesso do drama, mas esse até que conseguiu me agradar.

      Excluir
  5. Oi Mi, realmente parece ter bastante drama! Mas eu não resisto a um bom clichê, espero que algum dia uma editora publique por aqui!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi
      Acho difícil publicarem porque o livro foi lançado em 2013, mas vai que acontece.

      Excluir
  6. Oi, Mi

    Não conhecia o livro e que pena que a tradução está ruim. Vou até dar uma olhada no preço do ebook, se estiver custando até 15 reais eu compro, esse é meu limite! Hahahah
    Realmente é um clichê ambulante, mas o desenvolvimento é o que conta mais. Desde que o autor saiba conduzir o clichê eu não me importo! Hahahaha
    Nem esse excesso de drama me espanta, fiquei curiosa mesmo com a história!

    O lay lovo está lindooo! <3

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tami. Muito obrigada!
      Eu nem sei qual o valor, já que nunca leio nada em inglês, vai que você dá sorte e gosta né?

      Excluir
  7. Não conhecia o livro e pena que a tradução não estava boa, isso para mim arruína a leitura por completo, é-me difícil de abstrair, mas a história parece bem interessante =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thiago. Talvez aí em Portugal tenham lançado sabe? Infelizmente aqui não, e tive que ler traduzido mesmo.

      Excluir
  8. Oi Mika! Tudo bem?

    O livro parece bom, mas não me agradou.

    Grande abraço!
    http://www.cafeidilico.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Victor. Que pena, ele é bem legal.

      Excluir
  9. Oi, Mih! Tudo bem? Eu gosto bastante de clichês, confesso, então acho que gostaria desse também. Sua resenha me deixou interessada, mesmo que ainda não tenhamos a obra por aqui, haha!

    Beijo!
    www.controversos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Caroline. Pro new adult esse é um clichê daqueles, mas a autora conduz isso muito bem, o que faz o livro ser muito bom.

      Excluir
  10. Oie
    Até me interessei no livro, mas confesso que os assuntos que ele aborda não costumo muito ler sobre, mas ainda sim leria.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nessa. Eu gosto desses assuntos sabe, mas quando aparecem pouco e não esse aglomerado tudo junto, mas foi legal a leitura.

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤