[Desabafos de uma leitora] Parcerias com editoras

Há algum tempo que queria falar com vocês a respeito das parcerias com editoras, mas ontem foi o passo inicial que eu recebi devido a uma conversa minha com a Kamilla, do Lendo e Apreciando, e isso me abriu os olhos para uma coisa que nós blogueiros literários fazemos muito: superestimar a parcerias com editoras como uma forma de saber se seu blog tem qualidade ou é bom.

Vou falar do meu caso porque é assim que me vejo. Eu me inscrevi para várias parcerias e acredito que meu blog poderia ter passado ao menos em alguma seleção, coisa que não aconteceu. Eu sempre fico muito triste porque fico com aquela sensação de que meu conteúdo não é bom o bastante, e olha que eu sempre me esforço muito para trazer coisas diferentes para o blog. Então, o que realmente conta nessas seleções? Seu conteúdo, a forma como você escreve suas resenhas e define sua opinião, ou o seu número de seguidores e visualizações?

Essas rejeições só me fizeram perceber que em sua maioria, as seleções só fazem com que a gente menospreze nosso próprio trabalho e acabe ficando chateado com coisas que realmente não tem tanta importância assim porque acreditamos que ter um selo de editora é fundamental para um blog literário, e cara, não é.

Nem sempre um blog que conseguiu parceria com alguma editora tem um conteúdo bom. Quantos blogs maravilhosos por aí que eu vejo que não tem sequer 100 seguidores mas que conseguem cativar o público, consegue mostrar posts de qualidade e que as editoras sequer olham duas vezes, ao contrário de vários blogs que tem 3k de seguidores, várias redes sociais super badaladas mas que não conseguem trazer o melhor de si em seus posts. Não estou criticando os blogs que conseguem parcerias com as editoras, na verdade eu fico bastante feliz com quem consegue porque caramba, são tantos blogs e tão poucas vagas, que fica até fácil entender porque a gente não foi seleciado, mas até quanto a gente consegue perceber uma arbietrariedade na hora de escolher qual blog vai ou qual blog que fica?

Esse post é principalmente para as blogueiras que assim como eu colocam expectativas demais em apenas uma resposta. Se você ganhou um não, não fica triste, apesar da decepção ser grande, continue fazendo seu conteúdo bonitinho, agradando seus leitores e principalmente você mesma, porque apesar de parceria com editora ser algo muito legal e motivo de orgulho, não são elas que definem se seu blog é bom ou não, é o seu público. Então nada de tristeza, ano que vem volte com tudo para tentar de novo, e mesmo que não consiga, não fique triste e tente mais uma vez. Afinal, o não você já tem, agora só precisa do sim!

Quando eu estava terminando esse post, eu vi o blog da Nessa e ela falou exatamente isso que eu estou comentando nesse post. Seria bom se vocês pudesse dar uma olhada lá no blog dela [link]

Comentários

  1. Oii Mika

    É muito chato isso, eu sei como vc se sente. Ninguém gosta de receber um não, isso é fato, mas infelizmente já aprendi que nesse mundo blogger o que conta é e sempre será números e para as editoras quanto mais melhor. São poucas que se focam no layout no conteudo até memso na dedicação, vi muita reclamação de gente dizendo que houveram blogs que foram selecionados para parcerias que sequer eram blogs que se mantinham atualizados, mas eles tinham os tais super números que as editoras prezam. Acho ridiculo sinceramente, porque sei varios blogs com 2000 seguidores que não tem nenhum comentário em suas postagens, um claro sinal que apesar dos numeros não recebe mais visitas pois perdeu aquele brilho que o mantinha, é oque acontece quando tudo deixa de ser prazer e vira negócio visando o lucro. Esse lance de parceria me deixa chateada porque percebo nesse inicio de ano todo mundo ficando mais voraz, mais competitivo, aquele ambiente agradável da blogosfera fica mais tenso porque todo mundo fica naquela expectativa ruim mantida pelas editoras, e pra quê? No final são praticamente a mesma turminha de sempre e mais 3 ou 4 novos que eles jogam lá só pra constar que deram chance à mais alguém. E isso é em todo lugar. Tenho atualmente parceria com apenas 1 editora, a Océano Argentina. Ano passado tinha com 3, e sabe de uma coisa? Me sinto mais leve agora que só tenho uma, estou melhor, porque percebi que posso direcionar melhor minhas leituras, selecionar o que leio. Livro "grátis" é bom? No começo sim, mas depois que os prazos pra entregar resenhas se acumulam vira uma agonia e ai aquilo que mantinhamos por amor vai virando uma caca porque acabamos fazendo às pressas. Esse ano pretendo manter apenas a parceria que ja tenho, por aqui ainda estão selecionando mas até agora não me senti tentada em me inscrever pra nenhuma editora mais além desta que já está comigo e com que ja tenho uma relação bem legal.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice.
      Que bom que você entende! Ano passado eu desanimei mesmo, fiquei chateada com a recusa das editoras mas resolvi tentar outra vez e realmente não consegui. O único prêmio de consolo foi a Editora Companhia das Letras que me fez uma proposta de ação. Eu estou passando por uma ressaca literária, e tô atrasando muitas leituras de parcerias com autor, imagina com as editoras se eu caso tivesse. O foda é que eu realmente fico pra baixo, mas lembro que ter selo de parceria não quer dizer nada, já que infelizmente eles realmente só visam números e quantidade, e não conteúdo. O blog é um prazer e um hobby pra mim, não ganho nem 0,5 centavos aqui mas adoro isso, essa familiaridade que eu trago pra ele, e espero continuar sempre assim.

      Excluir
  2. Oii Mi!

    Quero te dizer que admiro muito o teu blog, gosto demais do conteúdo que traz e acho a tua forma de escrever e trazer conteúdos muito cativante.
    Acho que merece toda a parabenização por esse esforço empenhado e trabalho realizado.
    Sei que o "não" é bastante decepcionante e frustrante, mas não te deixe abalar por isso. Não menospreza teu trabalho por causa desses "nãos" e não superestima as editoras.
    Teu blog é maravilhoso e me espelho nele.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana.
      Eu não falo só de mim, mas pra todos esses blogs maravilhosos que acabaram não conseguindo também. É frustrante, é, mas a gente não pode deixar que isso dite se somos realmente bons naquilo que fazemos ou não. O importante é que as pessoas gostam e que a gente faz por amor.

      Excluir
  3. Oi, Mi!
    Não posso dizer que já compartilhei da mesma experiência que a sua porque meu blog ainda é bem pequeno e "novo", então nunca tentamos nenhuma parceria por enquanto, mas já vi muitas reclamações a respeito disso e acho muito importante você publicar um post como esse!
    Todos nós odiamos a rejeição, e duvidar de nosso trabalho pode ser facilmente a pior coisa que fazemos para nós mesmos.
    Particularmente, aprecio seu conteúdo e te dou os parabéns!
    Beijos,
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol. Espero que você não tenha a mesma experiencia, porque realmente é ruim sabe? Mas vou seguindo aprendendo a lidar com as frustrações.

      Excluir
  4. Oi, Mika!
    Apesar de ter conseguido algumas, sei que meu blog tem muita coisa pra melhorar e não só na parte das resenhas e postagens, mas também da parte visual. Mas no começo eu ficava muito chateada quando não conseguia alguma parceria. Ficava olhando os blogs que tinham passado e fui percebendo que muitos deles não mereciam estar ali. Acho que o mais importante é a escrita e alguns nem sabia onde enfiar uma vírgula, sabe? Ou não colocavam a sua opinião... Aos poucos fui entendendo que o que a gente se mata para fazer, não é o importante para eles. Sem falar que o mesmo blog consegue todas as parcerias todos os anos, enquanto blogs novos, com ideias bem mais legais, ficam de fora por uma mera quantidade de seguidores.
    Isso é triste pelo fato de transformar nossa blogosfera (que já é tão competitiva) em uma selva. Todo mundo lutando pela mesma coisa e sem querer ajudar os outros. Essa é a parte mais triste de todas...
    O seu blog é um dos que acompanho e gosto tanto! Posso ver em cada foto e texto que você merecia muito uma dessas parcerias. É uma pena que eles não vejam isso! Torço para que em breve você seja reconhecida da forma que merece <3 Não deixe isso te chatear, pois claramente não significa NADA ter uma parceria com editora ou não.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  5. Oi!! Realmente é frustrante não conseguir, ainda mais quando se dedica demais ao blog. Eu particularmente não fico decepcionada e não coloco expectativas, sempre tive em mente que meu foco seria dividir o que achei e aprendi com o livro. Mas, para aqueles que levam isso como profissão ou por lado mais sério, é triste não ser reconhecido. Acredito que tudo tem o seu tempo, seu blog é lindo e não se deixe abalar por isso. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  6. Oi amore! Eu já fiquei muito frustrada por não conseguir parceria. Hoje não mais. Eu acho que tudo vem no tempo certo, se hoje conseguíssemos várias e várias parcerias não daríamos conta de administrar. Sem contar que cada blogueiro tem o seu blog de uma forma específica. O Pausa por exemplo, nós estimamos interação, e sabemos que se nos centrarmos somente em editoras, essa interação poderá ser perdida. Não serei hipócrita, claro que algumas parcerias eu gostaria por demais, afinal ganhar livros é um sonho. Mas penso como você. O "não" não significa que estejamos trabalhando errado, e na maioria das vezes também não quer dizer que precisamos mudar nossa forma de trabalhar.
    Adorei o post!
    Beijos
    http://pausaparapitacos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Acho que ter parcerias são legais, mas melhor ainda é poder postar o que você realmente gosta, ler o que você gosta, comentar sobre as coisas que te fazem feliz, sem ter que se prender a uma editora e ter que fazer resenhas sobre livros que você nem queria ter lido.
    Já perdi a conta que quantas vezes entre em alguns blogs e vi sempre resenhas do mesmo livro (de algum lançamento) e fala sério, quantas historinhas meia boca que as postadoras precisam "dizer" que gostaram... Prefiro entrar em um blog sem nenhuma parceria e saber que tudo que existe nele é verdadeiro e sincero.
    Não fique triste com isso, as vezes é melhor assim, foque no que você gosta e seja feliz ^-^
    Beijinhos

    Toca da Lebre

    ResponderExcluir
  8. Oi, Miriã!

    Olha, eu concordo demaaais com você. A gente considera as editoras um termômetro pros nossos blogs. Eu cansei dessa historinha quando vi blogs com mais de 1000 seguidores passando em seleções das maiores editoras do país, e MAL postavam, MAL interagiam e MAL tinha engajamento com os leitores. Eu consegui ainda duas parcerias (Companhia das Letras e Galera Record). Fiquei emocionada? Fiquei. Não por causa do termômetrozinho, mas porque admiro demais as editoras E tenho certeza que só passei porque falei umas belas verdades no formulário. Não tem aquela parte que você é livre pra falar o que quiser? Dar opiniões ou falar algo? No da Galera eu fiz uma Bíblia sobre exatamente isso que você falou nesse post. E eu dizia mais assim "não é um número que vai definir qualidade porque isso nunca jamais aconteceu". Eu acho que a gente tem que continuar sim fazendo o que gosta sem pensar muito nesse termõmetro, mas lutar para que as editoras nos vejam mais pro conteúdo do que pra fama!

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  9. Oi Mi, como eu disse lá no blog da Nessa, cada caso é um caso, depende muito dos profissionais das editoras, mas o fato é que não devemos desanimar mesmo. Os não chateiam mesmo, eu bem que sei, mas continuo escrevendo porque adoro o que faço!! E parabéns pela proposta de ação da Companhia! <3

    BJs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Oii Mi, realmente esse negócio de parceria com editora é algo que me incomoda muito, no começo eu me inscrevia e ficava frustrada quando não conseguia passar e a cada vez eu me cobrava mais e mais, comecei a levar o blog como uma obrigação e cheguei em um nível de cobrança tão alto que acabei dando um tempo, fiquei um ano com o blog desativado. Agora que eu voltei eu escrevo por prazer, já não me cobro mais, até porque sei que infelizmente as editoras vão olhar "números" e não conteúdo, então já não crio mais expectativas para não me frustrar novamente.
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Mi!
    Desde que criei o blog, eu tinha comigo que não ia ficar dependendo de parceria de editora. Se passasse, beleza; se não, segue o baile. Claro que bate aquela tristeza momentânea, mas é só seguir em frente. Se você sabe que faz um ótimo trabalho, não tem o porquê de se sentir menosprezada.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da Folia Literária 2018: cinco kits, cinco sortudos.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Mi

    Esses dias mesmo a Lu e eu estávamos conversando sobre isso no nosso grupo do whatsapp junto com outras blogueiras.
    Eu não encaro parceria como algo essencial, tanto que me inscrevo para uma lista muito seleta de apenas cinco. Parceria pra mim e ser reconhecida por uma editora que admiro, mas não faço disso uma prioridade. Blogar para arrumar parceria é tão errado... e vejo tanto isso por aí...
    Acho que o principal é a gente gostar do que faz e os nossos leitores gostarem também...o resto é consequência!
    Seu blog é maravilhoso, nunca pense que não é! <3

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Mi, tudo bom?
    Concordo em gênero, número e grau. Tentar medir qualidade de blog de acordo com os selos que tem ou não tem é balela. É aquela coisa 'passei? Legal. Não passei? Vida que segue'. O nosso trabalho continua sendo ótimo, a gente continua se esforçando, e uma hora as conquistas chegam. Até lá, a gente continua se divertindo e fazendo o melhor possível.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá, Miriã.
    Eu criei o blog para falar sobre o que amo, livros, se vier uma parceria beleza, se não beleza também porque vou continuar comprando livros e lendo mesma coisa porque não dependo de editora para ser feliz. De todas que me inscrevi passei em uma, ainda bem que foi uma que gosto muito. Mas não devemos julgar qualidade por parcerias não. Até porque tem blogs que são selecionados que nem existem mais, Vai entender.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Oi Miriã
    Menina fizemos o post junto, acho que estamos compartilhando dos mesmos sentimentos, é chato tentar várias parcerias e não conseguir nenhuma, e que não falta é esforço. Seu blog é maravilhoso, eu adoro vir aqui, o conteúdo é ótimo. Eu também fico me perguntando o porquê, o motivo de não conseguir as parcerias. Ao mesmo tempo que sei que hoje em dia tem muitos blogs e poucas vagas.
    Quando eu escrevi o post lá no blog eu estava me sentindo bem triste sabe, mas ao ver que amigos blogueiros passam pela mesma coisa e compartilhamos disso, é como se nos desse força e ânimo para continuar.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Concordo plenamente com você, não apenas em relação a blogs literários, mas qualquer tipo de parceria para nós blogueiras é importante, então, quando não dá certo nosso primeiro sentimento é se sentir mal, rejeitada. Mas, não é bem assim, como você disse, a certeza de que nosso blog é bom não vem de seleção de editoras ou outros possíveis parceiros, mas sim do nosso próprio público, nossos leitores fiéis.
    Amei o teu texto e acho ele super válido para nos motivar a lembrar do verdadeiro motivo pelo qual blogamos.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  17. Você literalmente tirou todas as palavras da minha boca. Isso é literalmente um desabafo meu.
    Eu gosto do meu conteúdo (mesmo que agora eu tenha diminuído o ritmo das postagens), eu tendo trazer o meu melhor para o blog e te juro, depois de tantos nãos, eu já olhei diversas vezes no blog, me perguntando qual era o problema dele. Já questionei e comparei o meu trabalho e isso é triste.
    Para falar que não consegui, até consegui com uma editora bem pequena, que está começando. Porém, essas grandes, nem sequer dão chance. Sei lá, é frustante.
    Sei que em números de seguidores, o blog não é tão visível, mas, acabamos tendo um ótimo retorno de visualização e até de elogio, mas parece que as editoras não se importam com isso.
    Me preocupei bem mais com isso no ano passado, neste ano foi triste ver tantos nãos, mas acho que estava tão preocupada com outras coisas, que acabei não dando tanta importância. E como você falou, ter ou não a parceria não tem que determinar a qualidade do meu trabalho. Sinceramente, quando criei o blog, nem sabia direito o que era isso, então vou continuar e estou a cada dia tentando da menos importância para isso.
    Vai ser frustante, mas fazer o que, né?
    Espero que você também entenda isso, Miriã. Sou muito fã do seu trabalho e seu blog é maravilhoso, e mesmo sabendo que o não pode ser desanimador, você com certeza pode acreditar na qualidade do seu trabalho, porque ele é maravilhoso.

    Beijos.
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  18. Oi Mi,
    De uns tempos para cá, eu ando mais seletiva. Antes, eu me inscrevia para todas e ficava roendo as unhas. Depois de algumas experiências negativas, percebi que nem tudo são flores.
    Vou te contar meu caso... Eu estava fazendo parte de uma campanha de marketing da Editora X. Ganhei meu livro, sem escolher o título e li. Fiz uma resenha negativa. PUF. A ação foi cancelada IMEDIATAMENTE. Nunca mais recebi nenhum livro e nem e-mails da editora.
    Confesso que isso me abalou, porque eu tive que repensar em toda a minha visão sobre manter ou não o blog funcionando. Qual seria o sentido de 'blogar' sendo que precisava mentir para meu público? Então desisti das parcerias. Hoje, tento com algumas porque gosto dos gêneros e livros nem sempre são baratos, mas o foco mesmo são nas autoras nacionais que precisam de divulgação, porque elas são mais gratas e gentis.
    Beijos e fiquei feliz em ler seu post hoje, deu para ver que o mundo blogueiro está mais unido e esperto
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale.
      Não sabia que a gente não podia ter mais opiniões hoje em dia. Na minha mente as editoras só focavam em divulgar, independente da opinião sobre o livro, então pra mim isso é bem decepcionante saber que tem editoras que fazem isso. Nunca consegui parceria, então já até me sinto mais leve ao tirar esse problema das minhas costas.

      Excluir
  19. Falou tudo! Eu também ficaria super frustrada, o que foi um dos motivos para eu não ter tentado esse ano. Decidi esperar mais um pouco para que eu pudesse melhorar mesmo. No meu antigo blog, eu tinha a ideia fixa de que parcerias eram necessárias para fazer com que meu blog fosse bom, então qualquer blog que aparecia, eu pedia parceria, até que percebi que aquilo não estava me levando a lugar algum. Eu nem lia o que a pessoa escrevia e saía pedindo. O mesmo serve para as editoras. Tem gente que nunca nem ouviu falar na editora e sai pedindo parceria.

    Beijos, Aninha
    https://thatisrealme.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Mi
    Acho seu blog um dos melhores que visito, seu trabalho é lindo e você se expressa como ninguém. Eu já cheguei a ter 21 editoras parceiras e vi que o trabalho não compensava, fui diminuindo as parcerias até que este ano estou com somente 7. Algumas parcerias consegui na primeira tentativa, mas outras demorei alguns anos para conseguir, acho que depois que entramos e mostramos que fazemos um trabalho série e comprometido é mais fácil para renovar.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤