21 março 2018

5 coisas que aprendi com o blog

Ontem dia 20 de Março é comemorado o Dia do Blogueiro, mas como eu sou dessas que nunca está por dentro de nada, fui descobrir somente de noite e depois de incontáveis marcações em fotos pelo instagram (ah, e obrigado a todos que me marcaram e despejaram seu carinho pelo blog). Pensando em trazer alguma coisa, eu resolvi falar sobre cinco coisas que aprendi com o blog durante esses dois anos que estou por aqui. 

Pensar nestas coisas não foram fáceis, isso porque quando você vai colocar no papel, as ideias somem e fica difícil definir realmente o que você aprendeu ou aperfeiçoou, e acho que vou fazer uma junção desses dois para que vocês consigam entender melhor meus aprendizados com o blog.

1. O retorno vem com o tempo

Se tem uma coisa que aprendi com o blog é que é preciso ter paciência. O blog não é somente números, comentários e visualizações, mas para muitos isso faz grande diferença, e a falta de interação com o leitor pode ser um grande problema para quem quer alcançar sucesso com o blog. Eu percebi que se você quer retorno, além de você mesma correr atrás dele, é preciso saber que na hora certa ele vai chegar. Nada adianta se desesperar, esperando seguidores que não vem. Se acalmar e deixar as coisas seguirem seu fluxo são a melhor maneira do blog ter o reconhecimento que ele realmente merece.

2. Há várias opiniões e precisamos aceitar todas

Quando se tem um blog literário, é muito comum vermos divergências em relação a opinião sobre livros, autores, ou alguma outra coisa que possa vir ser avaliada. Não dá pra achar que nossa opinião é a verdade certa, temos que levar em consideração que as outras pessoas possam não ter a mesma percepção que a gente, e por isso, todas as opiniões são validas e importantes. O blog me ensinou a lidar com elas, inclusive com as críticas, e aprender a extrair o melhor de cada argumento para que possamos mudar e crescer.


3. Carisma é tudo

É importante ter bom conteúdo, claro, mas nada adianta escrever sobre algo maravilhosamente bem se tudo o que você escreve parece ser mecânico e passado ao leitor de uma forma não-emocional. Carisma pode ser aperfeiçoado e pode ser sentido até mesmo com palavras, e é importante que nós blogueiros consigamos trazer isso em nossos posts, até mesmo se formos pessoas mais sérias ou reservadas no modo de falar. Conquistar o público é importante, e através do carisma isso se torna mais alcançável.


4. Elogiar também é bom

Quando comecei a blogar e vi o tanto de blogs literários que existem, imaginei que estivesse em uma selva onde só os melhores sobrevivessem, mas percebi que não dá pra ver a blogosfera como uma concorrência, e sim como uma amiga. Não é só meu trabalho ou meu blog que é bom. Há inúmeros sites por aí que divulgam boas resenhas, bons conteúdos, que interagem maravilhosamente com o leitor e que ás vezes precisam só de uma palavra de encorajamento ou um elogio para se manterem ativos. É importante elogiar outros blogs, outros trabalhos e outras pessoas. Se você não faz isso, é muito bom praticar!

5. Não dá pra ter medo de errar

A gente falha na vida o tempo inteiro, toma decisões erradas ou precipitadamente, acredita em uma conversa ou uma história mal contada, e não estamos isentos disso na blogosfera. O que eu mais aprendi é que a gente vai continuamente aprendendo e errando, e tentando até fazer o certo. Nossa opinião é importante? É, mas ás vezes ela está equivocada, e tudo bem, ninguém vai te condenar por isso. O importante é ver onde errou e tentar fazer diferente. Não dá pra ficar com medo de escrever uma palavra errada só porque não sabe como se escreve. Arrisque, se deu certo, bom, se não deu, lide com as consequências e bola pra frente.

É isso amiguxos! Espero que tenham curtido ou se identificado.
Um cheiro a todos, e um feliz dia do blogueiro a todos \o/ (atrasado).

Postado por Miriã Mikaely

18 comentários

  1. Oi Mi!

    Nada como um dia após o outro, tentativa e erro fazem parte da vida, do crescimento e amadurecimento, seja ele pessoal ou profissional.
    Parabéns pelo blog, pelo dia do blogueiro (atrasado)!

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana
      Obrigada pelo carinho. Concordo plenamente. Se a gente quer alcançar o sucesso, independente de qual área, é preciso errar e acertar e sempre evoluir.
      Beijos

      Excluir
  2. Ser blogueiro não é mar de rosas. Gostei bastante dos pontos que citou. Acho que o que é mais importante pra um blogueiro é aceitar as opiniões alheias.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lary
      Ás vezes a gente acha que a nossa opinião é mais importante, mas é sempre bom levar em consideração outros viés.

      Excluir
  3. Oie,
    Adorei seus tópicos e super concordo.
    E conforme os anos passam, a gente ainda se surpreende com essa questão do retorno. Acho que o mal de muitos que abrem um blog é achar que tudo vai acontecer de uma vez e acaba se desiludindo.
    Essa da opinião nunca tive problema, ainda bem, até porque eu amo ler opiniões diferentes dos livros que li. Imagina que chato se todo mundo gostasse de tudo zzzz haha.

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nana
      Ah, é que a gente tem tanta convicção de que as coisas vão dar certo e acabamos nos frustrando com isso. Eu adoro ouvir outras opiniões, até porque só leio um livro depois de ler algumas resenhas dele.

      Excluir
  4. Oi Mi, o blog me ensinou tantas coisas tb, tantas e continua ensinando. Gostei de todos os pontos que vc selecionou, principalmente a parte do elogio, que é algo que infelizmente nem todo mundo consegue fazer!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi
      Eu já não tenho problemas com elogios, sempre vou indicando os blogs que gosto, e você é um deles. Eu acho essencial elogiar porque a gente precisa cultivar amizades por aqui.

      Excluir
  5. aHHHH, totalmente bom este post. Não ter medo de críticas e todas as opiniões tem que ser respeitadas. Melhor do que isso? Não dar bolas para haters. Nunca tive problema com isso mas já me preparei para tal coisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Greici
      Nunca tive problemas com haters, amém, mas já tive problemas com opiniões diferentes da minha, que é algo que ainda preciso trabalhar.

      Excluir
  6. Adorei! Eu já tive 3 blogs e faço isso desde 2012 e realmente é tudo isso que você falou. As coisas no começo são sempre devagar (eu to no começo pela terceira vez e sei bem!), mas a gente não pode desistir, se é o que gostamos de fazer de verdade.

    E eu também sempre sinto que meio que há pessoas que veem os blogs como essa selva, mas sempre há também gente bacana que curte ajudar os outros sem medo nenhum. Basta a gente escolher um lado. E, cá entre nós, ter amigas blogueiras é bem melhor que ter concorrentes hehehe.

    Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aléxia. Ás vezes penso em mudar outra vez o nome do blog, acho que fiz cagada quando escolhi suddenly things sabe, maaaaas estou tentando me conter, porque sempre mudar assim, é meio tenso pros seguidores.
      Eu considero a blogosfera um lugar onde posso sempre conhecer outras pessoas, e por isso fiz várias amizades maravilhosas aqui, coisa que eu adoro.
      Beijos

      Excluir
  7. Oi, Mi!
    Concordo com todos os seus tópicos, principalmente no caso do retorno. Acima de tudo, eu creio que ter um blog é mais que números; é conteúdo. Não adianta ter 984239479823468932 seguidores se o seu conteúdo não é bom.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu
      Poderia citar aqui milhões de blogs que tem milhares de seguidores mas que nem retorno nos comentários recebem, então pra mim isso não é tudo.

      Excluir
  8. Oi Miriã!
    Amei esse post e me identifiquei muito com tudo o que vc escreveu. Mas o que mais me chamou a atenção foi vc ter dito sobre não sermos rivais mas sim amigos! O sucesso de um blog não atrapalha o sucesso de outro, pelo contrário, quanto mais nos apoiarmos mais cresceremos juntos. :)
    Parabéns pelas considerações!
    Beijos!

    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Michelly
      Acho que ainda tem blogs que precisam ver isso. EU vejo isso aqui como uma grande amizade, mas tem gente que não e ainda assim insiste em tentar levar isso como uma competição. Cara, isso não nos leva a nada e não ajuda em nada.
      Beijos

      Excluir
  9. Oi, Mi!
    Que post importante.
    Muitas pessoas do mundo de fora da blogosfera pensam que estar aqui é algo fácil e de pouco trabalho quando na verdade é totalmente o contrário. Se preocupar com layout, estar satisfeito com seus textos, ficar esperando comentários... é bem difícil. E também vejo como uma grande exposição. Mas, quando feito com amor e paciência, vale tanto a pena, né?
    Também tinha a mesma visão que a sua onde "só os melhores sobrevivem" mas já aprendi que não é bem assim que funciona e adoro conhecer e comentar em qualquer um que eu ver e me interessar. É tão bom quando acontece conosco! Nada mais justo retribuir <3
    Beijos,
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol
      Eu sempre vi o blog como um lugar pra se conquistar amizades, acho que assim é mais fácil. Adoro indicar os blogs que mais visito, aqueles que me deixam apaixonada, sempre elogio porque acredito que isso ajuda sempre um blogueiro que pensa em desistir. Essas são ações que deveríamos fazer cada vez mais.
      Beijos

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤