Mais que amigos - Lauren Layne | Resenha


Será que vale a pena arriscar uma grande amizade em troca de um amor inesquecível?Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento.
Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver.
Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… certo?
Mais que amigos é uma comédia romântica irresistível!
Romance, chick-lit | 224 páginas | Editora Paralela

Mais que amigos me foi enviado pela Editora Paralela e estava na minha Maratona Literária de Outono. Peguei o livro somente para folhear antes de dormir e acabei finalizando sua leitura poucas horas depois. Com uma trama clichê porém irresistível, vamos conhecer Parker Blanton e Ben Olsen, melhores amigos desde o primeiro ano da faculdade, que além de dividirem tudo sobre o outro, ainda dividem o apartamento onde moram.

Ninguém acredita que por detrás dessa amizade não role alguma atração, mas ambos não se importam com o que os outros pensam e levam bastante sério a amizade que tem, até porque não conseguem se ver “nesse sentido”. Ben é mulherengo e constantemente usa Parker para livrar-se de possíveis garotas grudentas, apesar disso, ele é um ótimo amigo, sempre está disposto a ajudar Parker quando ela precisa, e é isso que acontece quando o namorado dela, Lance, resolve terminar do nada o namoro de quatro anos dos dois.

Arrasada, Parker resolve aproveitar sua juventude e com a ajuda de Lori , sua melhor amiga, e Ben, ela sai à noite em busca de sexo casual. Mas nem tudo é tão simples assim, e a frustração sexual de Parker começa a chegar nas alturas. Como transar com um desconhecido que ela não sente qualquer afeição? Como que seus amigos conseguem fazer isso parecer tão simples, se pra ela já está dando tanto trabalho?

É aí que Parker tem a brilhante ideia de que ela e Ben deveriam transar. Isso porque Ben se gaba o tempo todo que é bom de cama e Parker precisa tirar o atraso, e melhor que seja com alguém que ela conhece e confia. Mas será que transar com seu melhor amigo seria realmente uma boa ideia? E quando as coisas ficarem estranhas demais entre eles, a amizade irá superar?
Como dito acima, o livro tem um clichê perfeito em mãos e Lauren conseguiu desenvolvê-lo da melhor forma. Em apenas poucas páginas, eu chorei, me desesperei e torci para que esses dois conseguissem ficar juntos. Apesar de sabermos o fim para esta história, é a forma como ela acontece que cativa o leitor.

Eu sempre vi preconceito em mulher ter amizade com homem, isso porque ninguém acredita que não existe um desejo sexual por baixo disso, mas eu sou prova que isso não rola. 75% dos meus amigos são homens, e que louco seria se eu quisesse ficar com um deles. SIMPLESMENTE, NÃO!

É claro que as estatísticas não funcionam no caso de Ben e Parker, que simplesmente começam a gostar de ficar um com o outro depois que fazem isso pela primeira vez. Mas dar a voz os sentimentos que eles tem pode colocar a amizade deles em risco. O que faltou? Diálogo e sinceridade entre os dois. Enquanto isso não acontece, o leitor se vê imerso em idas e voltas, erros e acertos e um desespero louco de ver tudo caminhar para o fim certo.
Parker e Ben são personagens gostosos de acompanhar. Simpáticos, carismáticos e muito “gente como a gente”. Eles poderiam ser amigos meus ou seus, porque vivem aquilo que qualquer pessoa um dia já vivenciou. Adorei eles, seu desenvolvimento e suas relações.

A amizade entre eles, muito maior que seu relacionamento sexual, é algo invejável. Como é bom a gente se sentir acolhido e não julgado, saber que existe alguém que se importa com a gente e que largaria tudo somente porque a gente precisa de um abraço ou uma palavra amiga. E apesar deu não fazer parte da história, me senti assim enquanto lia as páginas de Mais que amigos.

É um livro fofo, leve, simples mas muito cativante. Para os românticos de plantão, é perfeito.

23 comentários:

  1. Oi, Mi! Tudo bom?
    Vi algumas resenhas negativas a respeito do livro, então ainda tô com um pé atrás. Gosto muito de histórias descompromissadas assim, e se desenvolve bem o relacionamento entre os personagens me ganha logo de cara *-*
    E esse clichêzinho de melhores amigos apaixonados é sempre divertido de ler.
    Quem sabe mais pra frente eu dê uma chance!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise! Se eu vejo um clichê entre amigos já quero ler. Por enquanto todas as resenhas que li estão sendo positivas. Espero que você leia no futuro! :)

      Excluir
  2. Parece uma leitura bem agradável.

    Se quiser participar, estou sorteando alguns livros lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/05/sorteio-de-livros.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vi! É uma leitura ótima, mais do que indico.

      Excluir
  3. Amei demais sua resenha, eu amo livros assim, me envolvo muito com a história. Dica mais que anotada!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.
      Tomara que você possa ler porque o livro é muito bom de ler.

      Excluir
  4. Oi Mi,
    Quero muito ler essa obra, adorei a capa e super faz meu estilo.
    Aliás, eu também já sofri com isso... Sempre tive amigos homens e as pessoas achavam que tínhamos algo a mais. Isso chegou até a atrapalhar o casamento de um deles, mas juro que nunca tivemos nada, era só fofoca maldosa mesmo :(
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale
      É uma pena que tenha acontecido isso. Já tive amigos que pararam de falar comigo por causa de namorada, mas é a vida né, cada um faz o que quiser. Eu amei demais esse livro. A premissa é super gostosa e os personagens melhores ainda.

      Excluir
  5. Olá, Miriã.
    Eu confesso que se fosse por essa capa eu passaria longe do livro. Mas lendo sua resenha vi que é um livro que vou gostar e devorar como você. Eu não ligo para histórias clichês, mesmo sabendo o final fico torcendo pelo casal hehe. Assim que der eu vou ler ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil
      Menina eu adorei essa capa, leria só por ela kkkkk o livro é muito bom, cativa você bem rápido.

      Excluir
  6. Oi Mi, eu gostei bastante tb, não favoritei, mas foi uma das leituras mais gostosas do ano até agora. Super curiosa para ler mais livros dessa autora!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi
      Também quero muito ler o resto dos livros, tomara que seja tão bom quanto esse.

      Excluir
  7. Oi, Mi!
    Li esse livro tem uns dois anos e gostei bastante da relação de Parker e Ben. Mas que eles mereciam um puxão de orelha em certos momentos, mereciam sim.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu
      Me deu vontade foi de matar a Parker e as decisões que ela tomava, meu Deus! Uma pior que a outra.

      Excluir
  8. Oi, Mi

    Eu adorei esse livro! Totalmente despretensioso, mas tão gostoso que é aquele tipo de livro xodózinho, sabe?
    Tá certo que eles me irritaram com a falfa de comunicação, mas no final foi tudo muito amorzinho.
    Esse eu amei, já Em Pedaços não curti tanto...


    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tami
      Pensei o mesmo. Em pedaços foi bom mas não tanto quanto esse. Parker me irritou demais! Mas gostei dela também.

      Excluir
  9. Oi Mi,

    Eu adoro histórias assim quando preciso sair de uma ressaca literária ou se estou me sentido sobrecarregada depois de leituras mais pesadas, porque acho que são histórias mais despretensiosas.
    Vou deixar a dica anotada para, quem sabe, ler no futuro.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adri
      São histórias tao legais que você lê até bem rápido. Eu amei esse livro e já quero outro!

      Excluir
  10. Oi, Mika!
    Eu fiquei apaixonada nesse livro. Quando li, fazia pouco tempo que eu tinha lido um livro com temática parecida, por isso pude ver como a autora soube trabalhar com o tema. Não foi corrido, achei aceitável o relacionamento deles e só queria saber mais e mais do casal. Adorei também <3
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari
      Quando terminei a história fiquei com aquela sensação de se sentir órfã. Gostei demais dos personagens e também queria muito mais deles.

      Excluir
  11. Oiii Mika

    80% dos meus amigos tb são homens e desde criança sempre fui mais próxima à eles do que às meninas que pelo menos onde vivia estavam sempre em algum tipo de disputinha besta sabe? Mas realmente rola ainda preconceito, mas é justamente porque tem muita gente de má fé por aí... Esse livro parece ser muito fofurinha, eu não ligo pra clichês sempre e quando estiverem bem trabalhados acho que vale muito a pena, entretém e faz a gente sentir aquela coisa boa. Eu amei essa capa.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice
      Eu também tenho esse pensamento. Meus amigos eram homens porque não suportava o mimimi das meninas, até pra conversar achava elas chatas. Hoje não tanto. Ainda assim indico muito o livro porque ele é maravilhoso demais.

      Excluir
  12. Oi Miriã
    Não tinha me interessado pelo livro até ver sua resenha. Primeiro as cinco estrelas me impressionaram para uma história tão clichê, depois porque sou uma apaixonada por romance e acredito, como você, em somente amizade entre os sexos opostos. Fiquei realmente curiosa para descobrir como a autora fez para deixar a história tão interessante. Já anotei na minha lista.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤