3 de maio de 2018

Últimas mensagens recebidas - Emily Trunko | Resenha

em 3 de maio de 2018

18 comentários

Quando uma mensagem é a última, ela pode significar um fim, uma perda, ou até um alívio. E se você fosse o destinatário?
A partir de contribuições anônimas, a jovem Emily Trunko reuniu nesta coletânea mensagens que contam histórias reais sobre os mais variados tipos de despedida: o fim de uma amizade, o término de um relacionamento ou até mesmo um acontecimento trágico que muda a vida do destinatário e do remetente para sempre.
Enviadas por celular, por e-mail ou pelas redes sociais, essas mensagens narram perdas profundas e inspiram muita reflexão. Será que não deveríamos expressar mais o amor que sentimos pelas pessoas enquanto isso ainda é possível? Ou, em alguns casos, nos afastar o quanto antes daquelas que nos fazem mal?
Não-ficção | 176 páginas | Editora Seguinte

Últimas mensagens recebidas era um livro que eu queria muito ler, e confesso que as expectativas estavam bastante altas. Adoro a ideia de poder desabafar de forma anônima com outras pessoas, e como tive um tumblr, era bastante comum ver pessoas pedindo conselhos e contando seus problemas a desconhecidos, porque a ideia de ser ajudado é bem maior que o medo de ser julgado. Já perceberam que a gente sempre se sente mais seguro para falar com pessoas que a gente não conhece, e aquelas que estão 24h do nosso lado, ás vezes não somo 100% sinceras porque temos medo da reação dessas pessoas?
Esse livro traz exatamente isso. É um compilado de mensagens recebidas, as últimas, que várias pessoas que visitaram o tumblr da autora, Emily Trunko, receberam e resolveram compartilhar. Todas elas contém um contexto, uma história. Entregam dor, sofrimento, superação e recomeço. E se você está pensando se poderá ler este livro tranquilamente sem se emocionar, eu te digo que você irá quebrar a cara, porque as mensagens são lindas, umas cheias de significado, outras tão curtas mas que expressam tudo, todas capazes de destruir, acrescentar ou mudar a vida de alguém.
Os temas vão de luto, perda, suicídio, amor, términos, superação, amizades e traz uma gama de sensações e emoções ao leitor que assim que li a primeira frase comecei a chorar. É estranho ler algo tão real e que se parece tanto com várias histórias de livros que lemos por aí. Pais que não tem uma boa relação com seus filhos, o vício em drogas que desestabiliza famílias, o abuso sexual presente e ainda assim oculto, os términos de relacionamentos feios, o descaso de alguém que dizia que iria te amar, os problemas psicológicos que pioram nossa mente, a vontade incessante em se matar e por fim, as perdas que o acaso traz a vida das pessoas que não esperam por elas.
É tudo tão sensível, tão real, cruel e puro que o leitor se sente tocado, entendido, empático e ainda assim fragilizado assim que termina a leitura. Emily Trunko trouxe uma ideia maravilhosa, que apesar de ter sido boba no início, se transformou em uma bengala emocional onde as pessoas podem se apoiar para conseguir se sentirem fortes ou para dar aquele empurrão quando elas sentem que estão prestes a cair de novo. Estas mensagens, as dores que elas passam, as sensações por trás delas mostram que nós não estamos sozinhos, que há um mundo triste e bonito aí fora, que existem várias pessoas passando por situações semelhantes a nossa.

Por fim, deixo lhes a indicação dessa obra para vocês que necessitam se sentir tocado. Eu estou ansiosa para ler Cartas secretas jamais enviadas e acredito que minha experiência com ele será muito melhor. Abaixo vou deixar minha última mensagem recebida, e convido vocês a colocar uma sua aqui nos comentários.

“Feliz ano novo pra você também”
Última mensagem que recebi do cara que eu era apaixonada no ensino médio. Eu enviei um pedido de desculpa para ele poucos minutos antes por tê-lo magoado há alguns meses atrás. Contei para alguém que a gente tinha ficado, e o chamei de escroto. Ele não gostou de nenhum dos dois, principalmente do fato de ter contado. Acho que tinha vergonha de mim já que a gente nunca saia junto.

No fim, ainda sinto falta da nossa amizade. 14 anos perdidos por causa de uma mensagem. 

18 comentários:

  1. Oi Mi, a Rafa lá no blog leu Cartas Secretas Jamais enviadas da autora e gostou bastante! A proposta é a mesma e acho que vc vai amar tb! É um livro bastante sensível, acho que algumas mensagens com certeza vão mexer comigo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi
      Tenho certeza que vou sofrer o triplo com esse. É um livro que mexe com o emocional da gente, mesmo sendo tão simples. Tomara que você curta.

      Excluir
  2. Oi, Mi! Tudo bom?
    Vi várias resenhas desse livro e do outro da autora e fiquei ainda mais interessada na leitura! Achei a ideia que compõe essa junção das cartas muito tocante e sensível; a leitura parece ter sido maravilhosa.
    Curti muito a resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise
      Foi uma leitura muito sensível, me senti tocada demais e espero que todos possam conhecer estas duas obras e se emocionar também.

      Excluir
  3. Oi Miriã!
    Não conhecia muito bem da proposta desse livro e fiquei muito encantada. De fato, às vezes nos sentimos a vontade de contar algo pra algum desconhecido, medo das reações das pessoas próximas. Imagino que iria me emocionar também, fiquei tocada com esse da irmã que se suicidou. Já quero ler!
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kamilla
      E não é somente esse que mexe com você, acredite. Tem várias mensagens lindas que apunhalam de forma poética o coração da gente.

      Excluir
  4. Oi Mi,

    Achei a ideia desse livro genial e acredito que as mensagens devem mexer muito com o leitor, especialmente quando é possível se enxergar em alguma delas.
    Pelas fotos que postou acredito que a arte do livro contribui - e muito - para causar um impacto emocional ainda maior em quem está lendo.
    Ótima dica!

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adri
      A diagramação e a arte desse livro está perfeita, ela traz emoção e sentimentos. Tudo foi bem pensado e colocado para representar as mensagens, o que eu adorei.

      Excluir
  5. Olá, Miriã.
    Eu acho bem bacana a proposta dos livros da autora. Mas como prefiro ler ficção, no momento não lerei. E ainda mais por me fazer lembrar de coisas que quero esquecer. Tem algumas mensagens que doem na alma. As fotos ficaram bem legais.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil
      Esse é um livro que mexe muito com a gente e se você não está pronta para sentir isso, é melhor não ler agora. Eu chorei muito justamente por isso, porque dói lembrar certas coisas.

      Excluir
  6. Oi Miriã.
    Tenho tanta vontade de ler esse livro, e já coloquei o mesmo na listinha. Você tem muita razão, quando diz que muitas vezes nos abrimos para alguém desconhecido, ao invés de alguém mais próximo. Esses dias estou meia sensível, por isso vou continuar deixando esse livro só na listinha, pois se não me acabo nas lágrimas.
    Beijos

    www.momentosdeleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Polly
      É bom ler quando não estiver tão sensível porque o livro tem um jeito de mexer com a gente e inevitavelmente a leitura vai te fazer sofrer, então é melhor evitar.

      Excluir
  7. Oi, Mi!
    Nossa, que triste essa sua história :( Tem vezes que a gente pisa na jaca mesmo...
    Esse livro parece ser daqueles que te deixa refletindo uma vida e acaba se achando um bosta em certos momentos... mas já quero na vida porque se não for pra ser assim, nem leio.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu
      A gente até tenta pedir desculpas mas isso vai de cada pessoa. Infelizmente eu perdi a amizade, mas vida que segue.
      Esse livro é lindo demais, eu amei!

      Excluir
  8. Oi Mi,
    Eu li esse livro e fiquei chocada! Nossa... É forte!
    Gostei mais dele do que do 'Cartas Secretas Jamais Enviadas'.
    E quanto a sua história... Sinto muito pela amizade em si, mas se ele não gostaria de 'assumir', acho que foi melhor assim.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale!
      Eu amei esse livro demais, senti muitas emoções com ele.
      infelizmente essa amizade não era tão boa para mim quanto eu achei, então é melhor assim.

      Excluir
  9. Oi, Miri!
    Essse livro chegou par amim ontem e numa sentada no ônibus, na ida pra faculdade, li completo. E chorei. Cara é muito tocante ler tudo aquilo e ter esse espaço para desabafos é bom demais para quem precisa.

    Até criei um projeto chamado "Cartas para você" lá no blog, que consiste em escrever cartas como se você estivesse escrevendo para alguém, para que ela possa atingir a quem de fato precisa de uma palavra amiga. A ideia é em breve criar um ebook e quem mabe publicar essas cartas. Se quiser participar seria lindo. As informações estão no Blog.

    Bjux,
    Diego || Blog Vida & Letras ♥
    www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI, Diego
      Acho que ouvi falar do seu projeto, vou ver se consigo participar porque ás vezes escrever não é muito meu estilo.
      Eu amei esse livro, ele é lindo demais e sim, chorei muito no trabalho. Acho que todo mundo que lê se emociona com todas as verdades deixadas ali.
      Beijos

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤



TOPO