O contrato - Melanie Moreland | Resenha


Um tirano de dia, um playboy de noite. Essa é a reputação de Richard VanRyan. Ele vive a vida do jeito que quer, sem se preocupar com a opinião dos outros. Ele não se importa com ninguém, é completamente impenitente e não tem vontade de mudar seus modos.Katharine Elliott trabalha para Richard como sua assistente. Ela despreza a ele e seus modos questionáveis, mas aguenta todo o lixo que ele joga em seu caminho, porque ela precisa do trabalho. Seu objetivo final é muito mais importante do que o abuso diário e exige que ela tolere seu chefe tirano e desagradável.
Até o dia em que ele lhe pede algo que ela nunca esperou. Um novo papel com um contrato pessoal - noiva, em vez de assistente.
O que acontece quando duas pessoas que se detestam, têm de viver juntos e agir como se eles estivessem apaixonados?
Faíscas.
Isso é o que acontece.
O poder do amor pode realmente mudar uma pessoa?
Será que eles vão sobreviver ao contrato?
O que você faz quando a pessoa que mais odeia torna-se a única que você não pode viver sem?
Romance | 371 páginas | Editora PandorgA 

Richard Van Ryan é um publicitário muito bem sucedido em seu trabalho. Ele é criativo, inteligente, sexy, rico e bonito, mas tem um enorme defeito: é egoísta, arrogante e um ogro com sua assistente Katharine Elliot. Os dois se desprezam e mesmo Richard agindo como uma filho da puta com ela, pedindo coisas absurdas para ela fazer e sempre a humilhando, ela ainda assim executa seu trabalho perfeitamente, o que o impede de demiti-la, o que é tudo o que ele gostaria.

Até que Richard é passado pra trás no trabalho, perdendo a sociedade que tanto trabalhou para conseguir. Ele então quer se vingar de seu chefe e o melhor jeito de fazer isso é indo trabalhar para outra agência concorrente, o Grupo Garvin. O problema é que Graham, o dono da empresa, nunca aceitaria trabalhar com o tipo de Richard, um playboy mulherengo. Ele dá valor a família fora e dentro do trabalho.

Para contornar isso, Richard impõe que sua assistente passe por sua noiva. A princípio ela não aceita a ideia mas há muito mais em seu passado que a faz aceitar. O contrato valeria por apenas três meses, mas Graham e sua família se mostram tão impressionados com o novo casal, principalmente com Katherine que é um amor de pessoa, que eles acabam se casando de verdade e estendendo o prazo para um ano. 

A convivência entre esses dois passa de insultos e comentários desprezíveis à uma cumplicidade amigável. Enquanto Richard vai conhecendo mais de sua esposa, mais ele vai se surpreendendo com o quanto não a conhecia, assim como vai mudando seu jeito de agir e pensar. Só que o prazo do contrato está correndo e o peso da culpa sobre as mentiras que eles contaram começam a ficar mais difíceis de lidar. Será que eles conseguirão ir com essa história até o fim?

O Contrato é um livro que abusa do clichê mas que traz um romance em potencial. Eu não imaginava que fosse me apaixonar tanto por essa história, mas cá estou eu super animada para contar dela para vocês.

Richard é um cara muito abusivo com sua secretária. O fato dela ser perfeitinha e todo mundo gostar de Katherine é só mais um motivo para ele detestá-la, e ele faz de tudo para conseguir colocá-la no olho da rua, mas Katherine não somente tem força de vontade mas também motivos para aceitar toda essa humilhação, e por isso ela permanece firme e forte.

Ele não é um cara que muda da noite para o dia. Ele ainda é arrogante, ignorante e um babaca, e é somente com a convivência com a Katherine depois do casamento, quando eles começam a contar seus segredos e a confiar um no outro que eles começam a criar uma conexão muito mais real do que um contrato de papel. É a partir daí que vemos Richard mudar a partir de seus pensamentos, já que boa parte do livro é narrada por ele, assim como sua maneira de agir. Quanto mais conhece sua assistente, mais ele se arrepende do que fazia e se sente culpado, e é legal ver isso porque sua mudança é bem crível para o leitor. Você gosta dele logo de cara mesmo ele sendo um completo idiota.
Katherine já passou por muita coisa em sua vida e ela só aceita o que Richard lhe impõe porque ela precisa cuidar de Penny, uma mulher idosa que a acolheu quando ela perdeu os pais. Com o salário e as regalias que Richard deu lhe para aceitar o contrato e passar-se por esposa dele, ela consegue dar uma lugar digno e bem cuidado para a mulher que considera como mãe, já que Penny tem Alzheimer e a cada dia fica pior.

Katherine é uma personagem muito carismática, você logo consegue entender seus problemas e torcer para que ela consiga a felicidade. O mais importante é que ela, mesmo escutando tantas merdas ao trabalhar com Richard, consegue ver um lado dele que todos desconhecem, e ela acredita que com  jeito certo, esse Richard que já foi muito magoado no passado pode vir à tona. Seu jeito de ver sempre o melhor das pessoas, de colocá-las em primeiro lugar mesmo que ela fique sem nada é muito tocante. Sua relação com Richard vai mudando gradativamente, assim como seus sentimentos por ele. Onde havia desprezo nasce amizade que logo vai se transformando em amor.
- Não tenho mais medo de te amar, Katy. Só tenho medo de te perder.
Penny é uma personagem que tem um grande papel nessa história. Os momentos que ela aparecia traz um sentimento acolhedor para o leitor. O jeito como ela conta suas histórias com Katherine, aceita Richard em suas vidas é muito lindo. E eu chorei muito, chorei demais no final por causa dela e tenho certeza que você também poderá se emocionar com essa personagem.

O que mais gostei nesse livro é a escrita da autora, que é leve e direta. Não conhecia a Melanie mas já amo e quero mais livros dela. Os personagens apresentam desenvolvimentos críveis, de odiados passam a ser amados e é isso que eu mais gosto em livros do tipo. Quem já leu Casada até Quarta vai adorar esse livro porque ele é parecido mas muito mais bem escrito, assim como Doce Amargo, que tem momentos semelhantes.

12 comentários:

  1. Ahhh, eu jurava que pela capa o livro não ia me agradar, mas lendo a sua resenha eu fiquei até animada para conhecer a história, parece ser um romance bem gostoso de ler! Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, ALÉXIA
      Esse livro foi um grande surpresa porque eu também não esperava muita coisa, e olha eu aqui, simplesmente amei.

      Excluir
  2. Oi, Mi!
    Esse negócio do chefe odiar a assistente me lembrou também Cretino Irresistível.
    Como a Lex disse ali em cima, pela capa a gente não imagina que o livro seja tão profundo.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu
      Menina, acabei gostando tanto do livro, é bom a gente se surpreender de alguma forma.

      Excluir
  3. Eu não sei porquê, mas ultimamente ando numa de ler histórias deste género. Nunca compactuaria com um romance destes na vida real, não gosto de badboys, mas gosto deles na ficção. Obrigada pela sugestão, vou ler :).
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi, Cherry
      Eu provavelmente compactuaria, gosto muito de badboys, apesar deles não me darem moral alguma KKKK Eu amei esse livro, acho que vale a pena conferir.

      Excluir
  4. Oi, Mi! Tudo bom?
    Esse tipo de livro não me agrada, mas legal que a autora tenha dado profundidade e motivações desse estilo para a protagonista. Gosto quando o drama envolve mais do que o romance, e cuidar de alguém que precisa de ajuda deve render uns bons momentos dramáticos né? É bem profundo e diferente do que a gente tá acostumada a ver no gênero.
    Ótima resenha.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise
      Eu amo demais livros assim mas nem eu sabia que teria tanta profundidade em algumas cenas, fiquei apaixonada.

      Excluir
  5. Oi, Mika!
    Eu estou desejando esse livro há um tempinho... Só de saber que ele é uma Casada até Quarta, mas muito melhor, já me anima demais! Saber que a autora conseguiu desenvolver o assunto, dá um ânimo. Espero ler em breve.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari
      Eu sou suspeita pra falar porque gostei demais, mas acho que você vai adorar! Casada até quarta é simples demais, esse é bem mais desenvolvido.

      Excluir
  6. Oi Mika,

    Só de ler a sinopse do livro já senti o grito 'CLICHÊ' e depois de ler tua resenha confirmou o que eu imaginei.
    Não sei se vou apostar na leitura, porque tô meio cansada no momento dessas tramas que envolvem um super garanhão todo maravilhoso e uma mocinha que precisa ceder às vontades e encantos. Por mais que a trama tenha suas particularidades e tenho recebido nota 5 estrelas, ainda assim não me interessou tanto, por isso vou deixar passar essa dica.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adri
      É uma pena que não queira ler a história. É clichê mas tem suas peculiaridades e foi muito bem desenvolvido, eu adorei!

      Excluir

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤