Matem o Presidente - Sam Bourne | Resenha


Um plano para matar o presidente e um dilema moral unidos em um thriller explosivo. Aquilo que ninguém acreditava aconteceu... Os Estados Unidos elegeram como presidente um homem instável, machista e demagogo, apoiado por seu implacável estrategista, Crawford McNamara. Quando uma guerra de insultos com o regime da Coreia do Norte foge do controle e leva o presidente a ordenar o lançamento de um ataque nuclear, o que coloca em risco o mundo inteiro, fica claro que alguém precisa agir antes que a humanidade seja reduzida a cinzas. Assim, quando Maggie Costello, uma experiente funcionária de Washington e fiel aos seus princípios — completamente opostos aos do atual presidente —, descobre um plano dentro da própria Casa Branca para matar o presidente dos Estados Unidos, ela se depara com um grande dilema moral: ela deve salvá-lo, deixando o mundo à mercê de um tirano desequilibrado, ou trair seu comandante em chefe e arriscar lançar o país em uma guerra civil?

Thriller | 406 páginas | Editora Record 

O inacreditável aconteceu. Os Estados Unidos elegeram um presidente instável. machista, racista, homofóbico, xenofóbico, demagogo (e qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência). O mesmo é apoiado por seu fiel estrategista Crawford McNamara. Após receber um carta com insultos da Coreia do Norte, o presidente declara um ataque nuclear contra o país, o que poderia ter acabado com a humanidade, mas faltando apenas 10 segundos para tudo acontecer, conseguiram acalmar o presidente, fazendo-o cancelar o ataque.

Depois desse episódio dois importantes funcionários da casa branca, que não apoiam o novo presidente, querem afasta-lo do cargo com uma declaração que o mesmo é instável e mentalmente incapaz de governar um país. Para conseguir esse atestado, eles pediram ao Dr. Frankel, médico da casa branca, mas seus planos deram errado, já que no outro dia ele é encontrado morto, e tudo aponta para um suicídio. Depois de muito pensar, eles chegam a conclusão que o único jeito é matar o presidente.

" - Parece mesmo que esgotamos todos os outros meios. Como patriotas que prestaram o juramento de defender o país contra todos os inimigos, externos e internos, acredito que só nos resta uma alternativa. Acredito que seja nosso dever matar o presidente."


Maggie Costello, que também trabalha na casa branca, é ordenada por Crawford McNamara à investigar se o Dr. Frankel (médico que cometeu suicídio) realmente tirou a própria vida. Assim, nossa protagonista descobre a existência do plano para matar o presidente.

Para ela isso pode ser um grande problema. Se ela informar sobre esse plano aos seus superiores, vai estar deixando o país nas mãos de um homem capaz de destruir a humanidade por um simples insulto. Por outro lado, se ela deixar o plano ir adiante, pode causar uma guerra civil já que os eleitores do presidente não se limitariam a tweets e post no facebook revoltados e indignados. Haveria uma onde da violência onde eles se rebelariam contra qualquer um que considerassem inimigos. Alguns problemas pessoais e opiniões de Maggie podem afetar em sua decisão.

O livro se passa a maior parte dentro da Casa Branca, onde há muitas intrigas, pessoas que não medem limites para defender seus ideais políticos e muito menos para conseguir poder. Assim, os personagens não são rasos e com o passar do livro vamos vendo o quão perverso e odiosos eles podem ser.

Também conseguimos perceber a opinião dos personagens e do presidente, que apesar de raramente aparecer na história (e seu nome nunca ser citado), notamos seu mau-caráter através de seus tweets e do que os personagens falam sobre o mesmo.

Eu não havia lido nada de Sam Bourne e também thriller politico. Minha primeira experiencia foi ótima, sai da minha zona de conforto e encontrei um livro repleto de intrigas, que aos poucos surgem mais questões (partindo do enredo principal) e novas tramas.

O desenrolar da história, seguindo a sinopse, demora para acontecer, mas ficamos tão presos e curiosos na história que não vamos as páginas passar. O livro é escrito em terceira pessoa, cada capitulo focando em um personagem diferente, possibillitando o leitor de ver a história de vérios ponto. A narrativa do autor é muito boa para o gênero. Não é tão leve, mas não chega a ser pesada, fluindo de uma maneira boa.

Foi um experiencia muito boa, um livro bem escrito e que recomendo muito!


Comentários

  1. Oiii Aline

    Eu nunca thrillers politicos, sempre me deixou a sensação de serem livros densos e sérios demais. Mas sua resenha me captou a atenção, acho que pra sair um pouco da zona de conforto eu até que me arriscava em ler esse titulo, apesar da narrativa não ser tão leve quanto gosto.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Aline!
    Eu tenho esse livro desde que ele lançou, mas ainda não li. Não tive muita vontade até ler sua resenha, para ser sincera. Eu não tinha visto nenhuma opinião sobre ele, então acho que isso me ajudou para ter mais vontade hahaha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos
    Sorteio de aniversário - Balaio de Babados e O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi!! Lá no blog quem leu foi a Marise e ela gostou tb! Eu achei a premissa bem interessante e inclusive parece que daria uma boa série Netflix rsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oops, Aline, desculpa rsrsrs achei de Mi no automático rs

      Excluir
  4. Oi, Aline! Tudo bom?
    Eu TENTEI ler esse livro, mas nem a narrativa e nem a premissa me prenderam. Acabei deixando de lado porque realmente não era a vibe certa e só ia detestar tudo nele; melhor desistir no começo do que abandonar lá pro meio.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Aline! Apesar de não ler livros desse gêneros acho interessante livros que tragam muitas intrigas e jogos de poder, além de jogos políticos, em sua trama. Acho esse tipo de leitura muito instigante! Adorei a dica, pois ainda não conhecia o livro. Anotada!
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Amei sua resenha, sempre assisto filmes do gênero, livro ainda não li nenhum. Mas pela sua resenha esse parece ser incrível. Já anotei a dica!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤