O garoto dos meus sonhos - Lucy Keating | Resenha

Desde quando consegue se lembrar, Alice tem sonhado com Max. Juntos eles viajaram o mundo, passearam em elefantes cor-de-rosa, fizeram guerra de biscoitos no Metropolitan Museum of Art... e acabaram se apaixonando. Max é o garoto dos sonhos – e somente dos sonhos – até o dia em que Alice o vê, surpreendentemente, na vida real. Mas ele não faz ideia de quem ela é... Ou faz? Enquanto começam a se conhecer, Alice percebe que o Max dos Sonhos em nada se parece com o Max Real. Ele é complicado e teimoso, além de ter uma namorada e uma vida inteira da qual Alice não faz parte. Quando coisas fantásticas dos sonhos começam estranhamente a aparecer na vida real – como pavões gigantes que falam, folhas de outono cor-de-rosa incandescente, e constelações de estrelas coloridas –, Alice e Max precisam tomar a difícil decisão de fazer isso tudo parar. Mesmo que os sonhos sejam mais encantadores que a realidade, seria realmente bom viver neles para sempre?
Fantasia, jovem adulto | 264 páginas | Editora GloboAlt 

Desde os seis anos de idade Alice tem sonhos com Max, um garoto que ela nunca viu pessoalmente mas que sempre aparece quando ela fecha os olhos. Ela não entende os motivos de tal coisa acontecer, mas acabou se apaixonando pelo garoto dos seus sonhos. As coisas ficam confusas quando ela volta a morar em Boston com o pai e no primeiro dia de aula na nova escola conhece um garoto exatamente igual a Max, até o nome. O problema é que ele parece não conhecê-la e pior, tem uma namorada.

Alice vai ao encontro do cds, Centro para Descoberta dos Sonhos, onde um dia fez tratamento quando era criança para conseguir as respostas que precisa, mas tudo fica mais estranho ainda quando elementos de seus sonhos começam a aparecer na vida real, e agora Alice não sabe mais no que seus olhos podem confiar.

O garoto dos meus sonhos é um livro que eu queria ler há muito tempo mas nunca conseguia trocar no Skoob, até que comprei ele no Kindle e consegui enfim conhecer essa história (foi tão rápido que terminei em uma noite). Alice é uma adolescente muito divertida, bem gente como a gente, e assim como eu, fica arrasada quando descobre que o cara dos seus sonhos (literalmente!), não a conhece e tem uma namorada.
Mas aí ela descobre que na verdade Max a conhece sim, ele só estava fingindo porque tem medo de ficar perto dela e também porque não entende o que tá acontecendo. Ambos precisam encontrar uma solução, e em meio a essa busca por respostas, eles vão colocar à prova seus sentimentos um pelo outro que acabaram surgindo nos sonhos mas que se estendem na vida real.

Max é um amorzinho de pessoa mas suas oscilações de humor deixa qualquer um doido. Numa hora ele quer estar perto da Alice, outra hora dá um gelo nela, mas entendo que para um cara que sempre acreditou que a namorada dos seus sonhos não existisse e de repente, vê ela na escola do nada, conflitando com a sua namorada de verdade, fica confuso mesmo.

Tem uma questão científica que é bem abordada na trama, acho que para dar veracidade ao motivo dos dois estarem sonhando um com o outro, mas eu confesso que ainda não sei se isso é possível ou não. Alguns personagens como Oliver e Sophie, amigos de Alice, poderiam ter sido melhor explorados, aparecido mais, e a relação da protagonista com a mãe que a abandonou também poderia ter rendido outro arco na história, mas a autora não quis arriscar muito, o que meio que me decepcionou, mas não tornou a história ruim.

Eu gostei também que Celeste, a namorada de Max, não foi posta como vilã como a maioria dos autores fazem para justificar um novo casal. Na verdade a garota é muito gente boa e dói não só pra Max magoá-la, mas também a Alice porque ela gosta da garota mas também gosta do Max (de acordo com ela, ela o viu primeiro), e convenhamos que ninguém consegue mandar nas questões do coração. É uma questão complicada, mas também poderia ter sido melhor abordada, rendendo mais momentos de tensão, mas na verdade foi resolvido de maneira bem simples e até fácil. 
A relação da protagonista com o pai é muito fofa de ver, eles são engraçados juntos mas também poderia ter rendido mais história. A impressão que eu fico é que a autora tinha vários temas para abordar na trama, deixando um enredo mais cheio de possibilidades, mas ela se ateve somente ao principal, o que não foi ruim, pelo contrário, eu gostei, mas me deixa com a sensação de "potencial que não foi aproveitado". 

Vi algumas resenhas negativas da obra mas acho que para um jovem adulto que pretende somente agradar o leitor num primeiro momento, acho que O garoto dos meus sonhos consegue cumprir bem com o requisito. Eu me vi torcendo pra esse casal fofo e também adorando a narrativa da autora que é doce e fácil de ler. Indico para quem precisa intercalar uma leitura mais densa e pesada e quer ler algo mais leve.
Postado por Miriã Mikaely

Comentários

  1. Oi Miriã!
    A capa desse livro é bem bonita, mas a trama nunca me chamou a atenção =/
    Mas lendo sua resenha parece ser bem fofo! Pena q n aproveitou todo o seu potencial.
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol
      É bem fofinho mesmo e essa capa é linda, me encantou completamente! Queria ter o livro físico.

      Excluir
  2. A Capa deste livro é simplesmente linda!! Já tinha ouvido falar deste livro e cada vez fico com mais vontade de o ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bea
      Eu também amei a capa, um dos motivos de ter ficado louca para ler.

      Excluir
  3. Eu gostei da premissa desse livro, parece ser um amorzinho. Mas, é uma pena que a autora não tenha abordado mais temas e não colheu todo o potencial que a história poderia proporcionar, talvez até mesmo por isso é uma leitura leve, se não, acredito que os temas ficariam mais pesado, e então, o livro não seria bem intercalado em meio a leituras mais difíceis.
    Também, achei linda a capa do livro, esse seria do tipo que eu compraria pela capa, haha.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leslie
      Apesar das ressalvas eu gostei da trama, mas sabe quando você lê e fica pensando "caramba, queria que tivesse mais disso e disso"? Fiquei assim o tempo todo! Queria que a relação de mãe e filha fosse mais abordada, adoro dramas nessa parte, mas não rolou mesmo.

      Excluir
  4. Oi, Mi! Tudo bom?
    Li faz uns dois anos, mas gostei muito da história. A ideia era bem criativa e gostei de como a Lucy trabalhou toda a questão de sonho/realidade - além do fato de o ship ser muito fofinho! Deu até saudade.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise
      Eu também achei bem criativo trazer toda essa coisa de sonho, a escrita da Lucy é muito gostosa e os personagens fofos.

      Excluir

Postar um comentário

Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post.
Aproveite e deixe seu link, para que eu possa retribuir sua visita! ❤