Para Melinda Blackwell, descobrir que seu casamento era apenas uma farsa foi a coisa mais dolorosa que poderia ter lhe acontecido. Os beijos que ela tanto amava, os toques que a enlouqueciam… nada disso era real. Ela não teve escolha, a não ser pedir o divórcio. Agora precisava seguir em frente, dando tudo de si para que a dor que Robert lhe causara não a transformasse numa pessoa irreconhecível.
Enquanto Linda batalha para reconstruir sua vida, Robert se dá conta de quão errada a vida dele parece sem a esposa ao seu lado.
Sozinho na mansão Blackwell, sem nunca ter alguém com quem dividir um momento importante, ele é frequentemente transportado para os dias leves e felizes que Linda costumava lhe oferecer.
Romance, nacional | 333 páginas | Editora Essência Literária 

Assim que terminei o primeiro volume de Doce Amargo, eu sabia que iria amar o volume dois, já que amo enredos com recomeços, reencontros e pedidos de desculpas, e Doce Amargo II cumpriu muito bem esse propósito. Eu chorei, me irritei, me emocionei e até acreditei que tudo estaria perdido no fim, mas a Evelyn conseguiu fechar esse romance da melhor forma possível, e vou contar para vocês como ela fez isso.

Após ter descoberto que seu casamento com Robert foi baseado em uma mentira, ele precisava casar-se com alguém para conseguir a herança do pai, Linda some de vez da vida dele. O rompimento não é nada fácil, não bastava isso, ela ainda precisa lidar com a traição de Robert e Susan.

Precisando de um novo recomeço, Linda muda de emprego, casa e até mesmo começa um novo relacionamento com Will, um homem totalmente diferente de Robert e igualmente melhor que ele. Essa nova fase é para dar forças que Linda precisa para superar o que aconteceu, mas ela ainda se sente abalada com o fim de seu falso casamento, e mesmo que não queira admitir, ainda ama Robert e sente muito sua falta.
Robert começa a se descobrir apaixonado por Linda, mesmo que ele mesmo não saiba definir isso. Ele sabe que ela está muito melhor sem ele, mas o que fazer para aplacar a dor que sente toda vez que pensa nela? Todo o amor e devoção de Linda para com ele era algo que o assustava, agora ele sente imensamente a falta disso em sua vida. Após um empurrãozinho de Lizzie, Robert resolve ir atrás de Linda e tentar acertar as coisas. Mas parece que agora ela está realmente feliz ao lado de outra pessoa. Será que já o esqueceu? Pode ele e Linda terem um final feliz em meio a um começo tão errado?


Quando uma mensagem é a última, ela pode significar um fim, uma perda, ou até um alívio. E se você fosse o destinatário?
A partir de contribuições anônimas, a jovem Emily Trunko reuniu nesta coletânea mensagens que contam histórias reais sobre os mais variados tipos de despedida: o fim de uma amizade, o término de um relacionamento ou até mesmo um acontecimento trágico que muda a vida do destinatário e do remetente para sempre.
Enviadas por celular, por e-mail ou pelas redes sociais, essas mensagens narram perdas profundas e inspiram muita reflexão. Será que não deveríamos expressar mais o amor que sentimos pelas pessoas enquanto isso ainda é possível? Ou, em alguns casos, nos afastar o quanto antes daquelas que nos fazem mal?
Não-ficção | 176 páginas | Editora Seguinte

Últimas mensagens recebidas era um livro que eu queria muito ler, e confesso que as expectativas estavam bastante altas. Adoro a ideia de poder desabafar de forma anônima com outras pessoas, e como tive um tumblr, era bastante comum ver pessoas pedindo conselhos e contando seus problemas a desconhecidos, porque a ideia de ser ajudado é bem maior que o medo de ser julgado. Já perceberam que a gente sempre se sente mais seguro para falar com pessoas que a gente não conhece, e aquelas que estão 24h do nosso lado, ás vezes não somo 100% sinceras porque temos medo da reação dessas pessoas?


Eve Dallas é tenente da polícia de Nova York e está caçando um assassino cruel. Em mais de dez anos na força policial ela já viu de tudo e sabe que a própria sobrevivência depende de seus instintos. Eve avança contra todos os avisos que lhe dão para não se envolver com Roarke, bilionário irlandês, o principal suspeito de um dos casos de assassinato que ela está investigando. A paixão e a sedução, porém, possuem regras próprias, e depende de Eve assumir um risco nos braços de um homem sobre o qual ela nada sabe, a não ser a necessidade de sentir o toque dele, que se transformou em um vício para ela.
Policial / Suspense | 350 páginas | Editora: Bertrand Brasil  

Eu sempre quis conhecer as obras de Nora Roberts, e foi pelo pseudônimo de J.D Robb que eu tive essa oportunidade. 

A história se passa em Nova Iorque no anos 2058, onde Tenente Eve Dallas é chamada para um caso de assassinato. Sharon DeBlass, uma acompanhante de luxo, foi encontrada morta em seu apartamento, nua e seu corpo estava em formato de X. Ela foi baleada na cabeça, no peito e na genitália.

Desde o começo sabemos que o assassino é de extrema inteligência e quer manipular a policia deixando a arma do crime no local e enviando fitas do mesmo gravando o assassinato. No quarto de DeBlass, neta de um importante senador de Nova Iorque, também foi deixado pelo criminoso um bilhete à mão, plastificado, escrito "Uma de seis".

Categorias:

Abril acaba oficialmente hoje, mas ainda tive a visita inesperada dos Correios, então se liga nesse Bookhaul de última hora e veja os recebidos!
Amor em Manhattan tem resenhas maravilhosas a respeito nos demais blogs, e eu não queria estar de fora. Então comprei o livro passando na Saraiva na loucura... arrombos de 35 reais no meu cofrinho, porém foi por uma boa causa.

Eleanor & Park é um livro lindo demais, e eu já li, mas estava tão baratinho na Saraiva, só 7 reais, que eu resolvi comprar e sortear para vocês lá no instagram do blog. Para quem quiser participar, o link é esse: sorteio.

Oi, gente! Como vão? Enfim chegamos ao fim de Abril, amém, e trouxe o resumo do mês para vocês. Como vocês devem ter percebido, o blog tem uma colaboradora nova, é a Aline. Ela vai trazer alguns posts bem legais para vocês assim como indicações e resenhas de suspense, terror e thrilers em sua maioria. Se vocês quiserem conhecê-la e dar boas vindas a ela, entra neste link.

O blog também fez parceria com a autora Evelyn Santana, que nos cedeu o livro Doce Amargo: Livro I para resenha, eu até já li e foi um dos livros lidos deste mês. 

Não sei porque mas Abril é o mês que mais leio, ano passado foi 18 ou 19 livros lidos neste mês. Esse ano não foi dessa vez, mas fechei um saldo positivo de 13 leituras, então estou feliz mesmo assim. Clique nas capas para visualizar as resenhas!

NOTA: 5/5


NOTA: 4/5


NOTA: 3/5