Categorias: , ,


Depois de Cinder, estreia de sucesso de Marissa Meyer e primeiro volume da série As Crônicas Lunares, que chegou ao concorrido ranking dos mais vendidos do The New York Times, a autora está de volta com mais um conto de fadas futurista. Scarlet, segundo livro da saga, é inspirado em Chapeuzinho Vermelho e mostra o encontro da heroína ciborgue que dá nome ao romance anterior com uma jovem ruiva que está em busca da avó desaparecida.Em uma trama recheada de ação e aventura, com um toque de sensualidade e ficção científica, Marissa Meyer prende a atenção dos leitores e os deixa ansiosos pelos próximos volumes da série.
Distopia, ficção científica, jovem adulto, romance | 480 páginas | Editora Rocco Jovens Leitores 

Scarlet é o segundo volume da série As crônicas Lunares e para exatamente de onde Cinder parou. Cinder foi presa após aparecer no Baile Anual da Paz para avisar o Príncipe Kai sobre os planos da rainha Levana, e assim todos que estavam lá descobriram que ela não era somente uma ciborgue, mas também uma lunar.

As leis intergaláticas obrigam que todos os lunares que estejam vivendo ilegalmente na Terra sejam presos e mandados de volta para a Lua, e com Cinder não é diferente, ainda mais porque Levana sabe o que a garota ciborgue é e fará de tudo para matá-la antes que ela estrague seu plano de se tornar imperatriz.

Num mundo dividido entre humanos e ciborgues, Cinder é uma cidadã de segunda classe. Com um passado misterioso, esta princesa criada como gata borralheira vive humilhada pela sua madrasta e é considerada culpada pela doença de sua meia-irmã. Mas quando seu caminho se cruza com o do charmoso príncipe Kai, ela acaba se vendo no meio de uma batalha intergaláctica, e de um romance proibido, neste misto de conto de fadas com ficção distópica.Primeiro volume da série Crônicas Lunares, Cinder une elementos clássicos e ação eletrizante, num universo futurístico primorosamente construído.

Distopia, ficção científica, jovem adulto, fantasia | 448 páginas | Editora Rocco Jovens Leitores

Recebi Cinder de um best friend como presente de aniversário, e assim que ele chegou aqui em casa eu já fui ler a história. Após a Quarta Guerra Mundial, a Terra foi dividida entre humanos e ciborgues. Mesmo se erguendo aos poucos na Terceira Era, a Terra tem um inimigo mortal: os lunares. Os lunares são seres humanos que conseguiram habitar a Lua por muitos anos. Devido a isso, eles desenvolveram poderes especiais e são capazes de controlar a bioeletricidade dos terráqueos, podendo controlar suas mentes. Levana é a rainha deles e controla seus súditos através do medo e da admiração. Há anos ela vem ameaçando a Terra com uma guerra, que pode ser revertido com um acordo entre eles. O problema é que Levana quer condições que ninguém está disposto a aceitar.

Cinder é uma ciborgue e por ter essa condição, ela é a melhor mecânica da cidade de Nova Pequim, capital da Comunidade das Nações Orientais, que é onde vive com a guardiã legal Adri, e as duas meia-irmãs Peony e Pearl.

Categorias: ,

Vários blogs já devem ter dado essas dicas para vocês, mas com o preço dos livros aumentando e a nossa renda diminuindo, é importantíssimo saber economizar na hora de comprar os livros. Tendo essas dicas sempre em mente, acredito que facilmente vocês conseguirão comprar muito mais sem gastar tanto.

Kell é um dos últimos Viajantes — magos com uma habilidade rara e cobiçada de viajar entre universos paralelos conectados por uma cidade mágica. Existe a Londres Cinza, suja e enfadonha, sem magia alguma e com um rei louco — George III. A Londres Vermelha, onde vida e magia são reverenciadas, e onde Kell foi criado ao lado de Rhy Maresh, o boêmio herdeiro de um império próspero. A Londres Branca: um lugar onde se luta para controlar a magia, e onde a magia reage, drenando a cidade até os ossos. E era uma vez... a Londres Negra. Mas ninguém mais fala sobre ela. Oficialmente, Kell é o Viajante Vermelho, embaixador do império Maresh, encarregado das correspondências mensais entre a realeza de cada Londres. Extra-oficialmente, Kell é um contrabandista, atendendo pessoas dispostas a pagar por mínimos vislumbres de um mundo que nunca verão. É um hobby desafiador com consequências perigosas que Kell agora conhecerá de perto. Fugindo para a Londres Cinza, Kell esbarra com Delilah Bard, uma ladra com grandes aspirações. Primeiro ela o assalta, depois o salva de um inimigo mortal e finalmente obriga Kell a levá-la para outro mundo a fim de experimentar uma aventura de verdade. Magia perigosa está à solta e a traição espreita em cada esquina. Para salvar todos os mundos, Kell e Lila primeiro precisam permanecer vivos.
Fantasia, ficção | 420 páginas | Editora Record 

Gente, eu não vou cansar de comentar aqui com vocês que estou com uma ressaca literária de matar. E no final do mês de Maio nenhuma das minhas leituras fluíram, então eu resolvi apelar para tentar sair da zona de conforto e ver isso iria me ajudar com esse problema. O livro escolhido foi Um tom mais escuro de magia, que já tem várias resenhas por aí e que eu queria muito ler, mas como é fantasia, eu fico enrolando horrores para tomar uma atitude e iniciar a leitura, até que resolvi ir na cara e na coragem e consegui terminar esse livro com um brilho nos olhos.

No livro da V. E. Schwab iremos conhecer um mundo dividido em quatro Londres. A Londres Cinza é suja e sem graça, sem magia. A Londres Vermelha é provida de cores, onde as pessoas são guiadas pela magia, respeitando-a e mantendo um equilíbrio com ela. A Londres Branca é um lugar onde se luta para controlar a magia, compelida pelo desejo dos habitantes de se apoderar dela. E a Londres Preta foi destruída devido ao descontrole da magia, que consumiu todos que haviam ali.

Categorias: ,

Oi, gente. Como vai?
Faz um tempão que não volto a indicar outros blogs para vocês e visitando alguns que conheço, pensei em voltar a fazer isso, até porque são blogs muito legais, com um conteúdo maravilhoso e que precisam também de uma maior visibilidade. Pode ser que vocês já conheçam alguns, ou que eu mesma já os tenha indicado, mas não custa nada reforçar, né?

Categorias:

Oi, gente! Tudo bem?
Hoje, dia 03/06 eu completei 21 anos, e quem me segue no instagram sabe da festa louca que eu fiz pela porrada de fotos que postei. Esse post é pra mostrar pra vocês como foi esse dia tão especial pra mim e também para agradecer pelas todas mensagens de carinho e felicitações que algumas pessoas aqui do blog me enviaram pelas redes sociais. Adoro todos vocês!